sábado, 31 de julho de 2010

ANJOS EXISTEM!



O Menino Azul



O menino quer um burrinho
para passear.
Um burrinho manso,
que não corra nem pule,
mas que saiba conversar.

O menino quer um burrinho
que saiba dizer
o nome dos rios,
das montanhas, das flores,
— de tudo o que aparecer.

O menino quer um burrinho
que saiba inventar histórias bonitas
com pessoas e bichos
e com barquinhos no mar.

E os dois sairão pelo mundo
que é como um jardim
apenas mais largo
e talvez mais comprido
e que não tenha fim.

(Quem souber de um burrinho desses,
pode escrever
para a Ruas das Casas,
Número das Portas,
ao Menino Azul que não sabe ler.)

Cecília Meireles

EXCELENTE FERRAMENTE DE INTELIGÊNCIA A DISPOSIÇÃO

Em uma demonstração que surpreendeu a todos no TED2010, Blaise Aguera y Arcas demonstra a nova realidade aumentada na tecnologia de mapas da Microsoft.

Tal realidade pode muito bem ser utilizada como forma de combate ao crime. Fica a dica.



video


Infelizmente o vídeo foi sem tradução, tal programa similar já era utilizado pelo FBI.
Para quem não entender, a página que contém a tradução é esta:

http://alturl.com/kfqf8


Copie e cole em seu navegador.


=*

YES, nós temos campeões!


A Polícia Civil de Minas Gerais tem muito do que se orgulhar: Um dos mais renomados mestres da milenar arte marcial acaba de trazer mais um título mundial para Belo Horizonte. Paulo Peposo Curi, policial civil e graduando em direito subiu ao lugar mais alto do pódio no tradicional campeonato mundial de jiu-jitsu “Máster e Sênior” – torneio realizado nos dias 24 e 25 de julho desse ano, nas dependências do Tijuca Tênis Clube, na cidade do Rio de Janeiro.
“Esse título é um dos mais importantes da minha carreira como atleta, pois vêm coroar um trabalho de dedicação diária ao esporte e mostrar que o meu estilo de arte marcial está evoluindo com o passar dos anos” – explica o emocionado Peposo ao subir no lugar mais alto do pódium.


Filho do Delegado aposentado HITLER FOUAD CURI, um dos mestres mais queridos da ACADEPOL, Peposo, ou Paulo Curi, aprendeu desde os 4 anos de idade a arte do judô. Ele também é campeão desta modalidade e de Xadrez, que lhe conferiu várias medalhas.
Assistam ao vídeo para conhecer um pouco deste grande mestre que a ACADEPOL possui:

http://www.youtube.com/watch?v=c-BEwdFOWyE


Fui aluna dos dois e fiz absoluta questão de manter essa amizade acesa há 14 anos. A família é toda especial, são extremamente zelosos e muito carinhosos, apesar do conhecimento nas artes marciais. Ao Paulão meu carinhoso abraço de parabéns! Ao Hitler, minhas recordações: um beijão da sua aluna "rarathise" que você tanto cuidou com carinho! A propósito: minha medalha está sempre na cabeceira da cama. Quando é que vamos nos confrontar novamente? Beijão da Mara

Acessem www.peposo.com.br

Morador de rua é candidato a deputado estadual no Paraná


Empresário falido com o confisco no governo Collor, José de Camargo, 62, que mora na rua há 11 anos, decidiu candidatar-se a deputado estadual pelo PRTB no Paraná.

Com uma motoneta, comprada com o dinheiro que arrecadou catando latinhas e outros materiais recicláveis e coberta de adesivos do partido (ele ainda não foi buscar os próprios santinhos), o sem-teto diz que costuma pedir votos na rua, sozinho.

Marco André Lima/Folhapress

Empresário falido confisco do governo Collor, José de Camargo, que mora na rua há 11 anos, decidiu candidatar-se
Se eleito, o candidato quer criar uma comunidade de recuperação de dependentes químicos na região de Curitiba e atuar como representante dos catadores de lixo contra "o lobby das grandes empresas" do setor de limpeza.

"Quero ser deputado para acabar com o monopólio do lixo neste país e, anote aí, que em 2014 serei candidato à Presidência", afirma.

Zezé de Camargo --como é conhecido num galpão abandonado na periferia de Curitiba, onde mora sob a permissão do proprietário do imóvel-- conta que foi parar na rua após problemas financeiros graves seguidos de uma crise de depressão e cinco tentativas de suicídio.

Pai de quatro filhos do casamento e outros quatro frutos de "produção independente", Zezé afirma que é dependente de álcool desde os sete anos de idade.

Nos dias em que trabalha até 18 horas como catador, Zezé consegue fazer R$ 100. Quando não vai para o "mocó", local de abrigo dos catadores, ele pode ser encontrado numa velha camionete que também é improvisada como casa.

Os problemas pessoais e sua história nas ruas começaram quando ele, dono de uma factoring (empresa que presta financiamentos e empréstimos), sofreu calotes devido ao Plano Collor.

"Vou continuar minha vida de morador de rua", diz ele, caso seja eleito.

"A rua é minha vida. Aqui me sinto útil ajudando as pessoas", afirma Camargo, que ganhou o apelido de Zezé devido à semelhança, quando criança, com a atriz e comediante Zezé Macedo.

"Na época, não gostava. Mas é óbvio que agora é bom, por causa da associação com Zezé Di Camargo e Luciano", afirma, numa referência à dupla sertaneja.

Zezé diz que, antes mesmo de ir morar na rua, enfrentou problemas graves.

Conta que em 1969 se envolveu num tiroteio em uma boate de prostituição e que em 1977 atropelou um pedestre, que acabou morrendo.

"Mas há muito tempo eu sou um cara de paz."
FONTE: Folha de São Paulo

Prática de exercícios físicos moderados pode reduzir azia

Para quem tem azia crônica, minimizar os exercícios pode parecer óbvio. Muita corrida ou saltos podem induzir o refluxo ácido.

Porém, o tipo certo de exercícios, com algumas precauções, na verdade pode melhorar essa condição. Estudos descobriram que sessões curtas de exercícios moderados pelo menos algumas vezes por semana podem reduzir o risco de doença do refluxo gastroesofágico, em parte porque reduz o índice de massa corpórea, um fator de risco essencial.

Um estudo, publicado em 2004 e que incluiu mais de 3.000 pessoas que relataram ter refluxo, descobriu que uma sessão de exercícios de meia hora no mínimo uma vez por semana (associada ao consumo de alimentos com alto teor de fibra) ajuda a reduzir pela metade o risco de apresentar essa condição.

Duas medidas podem ajudar: evitar alimentos duas horas antes de praticar exercícios e ficar longe de bebidas isotônicas com muito carboidrato.

Porém, o exercício específico é crucial.

Cientistas descobriram que exercícios aeróbicos com maior "agitação do corpo", como corrida vigorosa, consistentemente induziu o refluxo ácido, até em pessoas que não tinham azia crônica. Exercícios menos agitados como pedalar numa bicicleta ergométrica, por exemplo causaram menos problemas.

Outro fator é a posição do corpo. Levantamento de peso com o braço, musculação na perna e qualquer outro exercício que envolve ficar deitado aumentam acentuadamente o risco de refluxo ácido. Um estudo de 2009 mostrou que surfistas apresentem risco muito maior de apresentar doença do refluxo gastroesofágico do que outros atletas.

"Remar de bruços sobre a superfície da prancha de surfe leva a um aumento da pressão intra-abdominal", escreveram os autores do estudo.

Conclusão: exercícios moderados, com as precauções certas, podem reduzir o refluxo.

Fonte: The New York Times

Mick Jagger: "zica" ou coincidência???


Mick Jagger ancorou seu iate na quinta-feira (29) em Santorini, na Grécia, e por lá ficou um bom tempo. Isso porque descobriu que o país passa por um racionamento de combustível e não tinha como abastecer o barco.

A informação é da coluna Mônica Bergamo, publicada na Folha deste sábado (a íntegra da coluna está disponível para assinantes do jornal e do UOL).

Durante a Copa do Mundo, o líder dos Rolling Stones foi considerado "pé frio" por ter ido a uma sequência de jogos em que as seleções para as que estava torcendo perderam, entre as quais estava a do Brasil.

Justiça trabalhista multa acusados de pagar por sexo com meninas na PB

Em decisão histórica, um grupo de acusados de pagar por sexo com meninas de 12 a 17 anos na Paraíba foi condenado pela Justiça trabalhista. A informação é de Eliane Trindade, em reportagem publicada na edição deste sábado da Folha (disponível para assinantes do jornal e do UOL).

Enquanto a ação penal ainda nem foi julgada em primeira instância, a decisão do Tribunal Regional do Trabalho, já em segunda instância, prevê que 11 dos 13 citados no caso paguem juntos ao Estado uma indenização de R$ 500 mil. Cabe recurso.

O caso veio a público em 2007, em Sapé. Políticos, empresários e profissionais liberais foram acusados de pagar de R$ 20 a R$ 100 por programas com as crianças e as adolescentes.

Entre os condenados pela Justiça trabalhista, está um ex-presidente da Câmara Municipal de Sapé e um ex-secretário municipal.
Nota do Blog: precisamos cobrar do governo um grupo especializado para lidar com este tipo de crime. A Copa do Mundo vem aí e não há nenhuma tática especializada contra exploração de nossas crianças!

Minas investiga fraude de R$ 50 milhões em pirâmide ao estilo Madoff

Um caso de estelionato em que pelo menos R$ 50 milhões podem ter sido desviados está sendo investigado pela Polícia Civil de Minas.

O empresário Thales Emanuelle Maioline é suspeito de prejudicar cerca de 2.000 pessoas que participaram de um fundo capitalizado mantido através da sua empresa, a Firv - Consultoria e Administração de Recursos Financeiros, com sede em BH.

Os interessados em participar do fundo faziam um investimento mínimo de R$ 2.500. A promessa era de retorno de 5% do valor aplicado a cada um mês e mais um bônus sobre valor inicial a cada seis. O resgate podia ser feito por saque, mas a maior parte dos investidores mantinha o dinheiro no fundo.

O problema é que o "Clube dos vencedores", como o fundo era chamado, tinha a estrutura semelhante à da pirâmide do operador financeiro Bernard Madoff --que atuava em Wall Street e foi preso em dezembro do ano passado, após ter aplicado um golpe bilionário.

O dinheiro que entrava com os novos membros servia para alimentar o "rendimento" dos antigos, em vez de ser aplicado em ações e outros fundos, como era o esperado. Um dos clientes quis retirar sua parte no último dia 15 de julho. A Firv não fez o repasse e o esquema ruiu.

"Há casos de pessoas que investiram mais que de R$ 3 milhões", diz o delegado Ancelmo Gusmão, da delegacia de Investigações de Fraudes de Belo Horizonte.

Segundo ele, não ainda não é possível avaliar o valor exato desviado por Thales. A polícia realiza perícia em cima da documentação levantada na sede da empresa.

Até o momento, só um dos clientes entrou com uma ação cível na Justiça de Minas, requerendo a devolução de R$ 60 mil.

Numa nota emitida em 22 junho deste ano, a Comissão de Valores Mobiliários alertava que Firv operava sem registro para ofertar, constituir e administrar qualquer fundo de investimento.

Mas, segundo o delegado, nenhuma pedido de investigação chegou a ser requerido até esta semana, quando ele iniciou os trabalhos.

Os dois sócios minoritários da empresa --5% de participação cada-- foram ouvidos na tarde de quinta-feira pela polícia. Iany Márcia Maioline --irmã de Thales-- e Oséias Marques Ventura se disseram tão vítimas do esquema quanto as outras pessoas que participaram da pirâmide.

No depoimento, disseram não saber das irregularidades da empresa, que seriam responsabilidade de Thales.

O empresário, que está desaparecido desde a semana passada, teria sido visto pela última vez em São Paulo. A Polícia Civil do Estado foi acionada para auxiliar nas buscas, mas até o momento não há nenhuma pista.

A reportagem não conseguiu localizar um advogado de Thales ou da empresa.
FONTE:UOL NOTÍCIAS

sexta-feira, 30 de julho de 2010



Enquanto não superarmos
a ânsia do amor sem limites,
não podemos crescer
emocionalmente.

Enquanto não atravessarmos
a dor de nossa própria solidão,
continuaremos
a nos buscar em outras metades.
Para viver a dois, antes, é
necessário ser um.


Fernando Pessoa

Hacker invade BLOG DA RENATA

Após receber honras do vereador Cabo Júlio, Renata Pimenta, a Renata do Blog teve mais uma surpresa só que desta vez infeliz: seu blog, com mais de dois milhões de visitas fora hackeado e todas as postagens, mais de 3 anos de trabalho, foram excluídos.

Esse violento atentado contra a liberdade de expressão, a invasão de sua propriedade como página na internet, mostra que estamos desprotegidos e vulneráveis a ataques de pessoas inescrupulosas.

Renata está postando as informações em outro blog:
www.renatapimenta.blogspot.com

Segundo a própria Renata, as providências legais estão sendo tomadas. O responsável pelo ataque será descoberto e deverá responder por processos sendo um deles o de danos morais.

NOTA: Esclarecemos que a verdadeira expressão para invasores de computadores é denominada Cracker e o termo designa programadores maliciosos e ciberpiratas que agem com o intuito de violar ilegal ou imoralmente sistemas cibernéticos. FONTE: COMENTÁRIO DESTA POSTAGEM

CONVOCAÇÃO GERAL AOS POLICIAIS

A Cobrapol convida todos os seus sindicatos filiados, associações e demais entidades representativas dos policiais civis a fazerem gestões junto aos deputados federais de seus estados para que estes compareçam ao esforço concentrado da Câmara dos Deputados, convocado para os dias e de agosto. Em um desses dias deve ser votada em segundo turno a Proposta de Emenda à Constituição PEC 446/09, que cria o Piso Salarial Nacional para os policiais civis, militares e bombeiros.

O quórum mínimo de parlamentares presentes à sessão plenária é de 309 deputados. A matéria foi aprovada em primeiro turno no último dia 07 de julho e recebeu 349 votos favoráveis. A Cobrapol publicou uma lista por estado com o nome de todos os deputados que votaram a favor da PEC e irá repetir a iniciativa quando da votação em segundo turno.

Após aprovada em dois turnos na Câmara, a matéria segue para votação no Senado Federal. Caso não receba nenhuma modificação, o texto segue para promulgação. Pela PEC, o governo terá 180 dias para editar uma lei regulamentando o Piso Salarial Nacional e criando um fundo para ajudar os estados a cumprir o novo piso.

O presidente da Cobrapol, Jânio Bosco Gandra, convida os policiais civis que puderem a comparecer ao Congresso no dia da votação para manterem a pressão sobre os parlamentares. “Foi a unidade da categoria que levou à conquista da primeira votação. Agora é preciso intensificar a mobilização para garantir a tramitação da PEC 446/09”, declarou.

Por Giselle do Valle
Fonte: Imprensa Cobrapol

POR QUE ELES RASPAM OS CABELOS?



Lógico que tem muita gente que acha conveniente ter cabelos raspados, é mais prático no dia a dia. Mas há outras explicações para o famoso "corte zero".
Através de um "teste de uso de drogas" você pode saber quais drogas a pessoa usa e quanta droga usou nos últimos 90 dias.

O teste é baseado na análise de uma pequena amostra de CABELOS ou PÊLOS e checa de uma só vez o consumo de DOZE drogas diferentes nos últimos 90 DIAS.

O teste avalia ainda o nível de consumo de levíssimo ou pesadíssimo (FONTE:testededrogas.com.br).

É bom desconfiar da higiene exacerbada de dentro dos presídios. O mesmo serve para pais que estão percebendo mudança brusca de comportamento de filhos adolescentes, quanto antes a descoberta do consumo mais fácil fica de procurar ajuda.

Preso em motel um dos traficantes mais procurados de Minas Gerais

BELO HORIZONTE - O homem que, segundo a polícia, seria um dos maiores traficantes de Minas Gerais, foi preso nesta quarta-feira em um motel de Belo Horizonte. Luis Cosme, o Barriga, estava com uma amante e, segundo a polícia, era procurado há dois anos. Com o dinheiro do tráfico, ele acumulou cerca de R$ 5 milhões, em imóveis e carros de luxo. Segundo a polícia, no ato da prisão ele portava documentos falsos.

- É um preso de alta periculosidade. Ele tem cinco mandados de preventiva e um de captura - diz a delegada Andréa Bravo.

No ano passado, sete homens da quadrilha de Barriga foram presos em um sítio de Minas Gerais, onde a polícia encontrou duas toneladas de maconha e grande quantidade de cocaína. Meses depois, o traficante teria pago R$ 40 mil reais por cada um dos falsos "alvarás de soltura" de quatro comparsas. Um desses quatro homens que estavam foragidos foi detido no inicio desta semana. Tiago Rodrigues da Rocha, foi encontrado em um sítio, em Mateus Leme, na Região Metropolitana, com 570 pedras de crack.
SERVIÇÃO DA EQUIPE DO NOSSO COLEGA ORKUTEIRO DE CODINOME COPS!! Parabéns a toda equipe que fez o trabalho eu um abraço especial para o "COPS", da Comunidade do Orkut Polícia Civil de Minas Gerais.

PMs suspeitos de forçar homens a consumir drogas estão fora das ruas

Os três policiais militares suspeitos de forçar dois rapazes a consumir cocaína , o que teria provocado overdose, estão afastados das ruas. Os policiais negam a acusação.
Testemunhas contaram que Jorge Alex da Silva Cardoso, de 35 anos, e Atemildo José de Souza, de 28 anos, estavam bebendo num bar na Taquara, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, quando começaram a passar mal e morreram.
O amigo que estava com eles procurou a 32ª DP (Taquara). Segundo a polícia, o homem contou que consumiu cocaína com os amigos no ônibus da linha 760 (Curicica-Madureira). Passageiros chamaram PMs que faziam o patrulhamento a pé, e os três homens foram revistados perto de uma cabine da polícia.
Na versão do amigo, os policiais flagraram a droga e forçaram os colegas a ingerir cocaína misturada a uma bebida. Mais tarde, eles teriam morrido de overdose. A polícia tem outra versão.
“Fui ao local, conversei com os policiais, e eles confirmaram a abordagem, mas que não encontraram nada com eles. Os suspeitos foram liberados por conta disso”, disse o tenente-coronel Djalma Beltrami, do 18º BPM (Jacarepaguá).
Na noite de quinta-feira (29), além do amigo, os três policiais foram ouvidos na delegacia. O comandante do 18º BPM, disse que afastou os PMs das ruas até que tudo seja apurado. A polícia pediu as imagens das câmeras da PM instaladas próximas à cabine onde foi feita a revista.
Parentes de uma das vítimas estiveram na delegacia. A prima de Atemildo disse que ele estava com R$ 1.500 do pagamento que recebeu como pintor e que ele não usava drogas.
“Era um trabalhador, que saiu à tarde para levar um dinheiro para pagar uma dívida da minha prima, que encostou no bar e caiu e morreu”, disse Tatiane Santos.
O amigo dos rapazes vai prestar novo depoimento na delegacia.
FONTE:g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2010/07/

PMs acusados de decapitar vítimas pegam 18 anos e 8 meses de prisão

Cada um dos quatro policiais militares acusados de matar e decapitar um deficiente mental na Grande São Paulo foi condenado, na madrugada desta sexta-feira (30), a 18 anos e 8 meses de reclusão em regime inicialmente fechado, segundo o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP).
O julgamento dos soldados, acusados também de integrar um grupo de extermínio, terminou às 2h15 desta sexta, após pouco mais de 16 horas de debates.
Ainda cabe recurso da decisão, segundo o TJ-SP. O julgamento ocorreu no Fórum de Itapecerica da Serra. Desde a manhã desta sexta, nove testemunhas - quatro de acusação e cinco de defesa - foram ouvidas. O interrogatório dos réus aconteceu nos períodos da tarde e noite.
Os PMs foram a júri popular pelo assassinato de Antônio Carlos Silva Alves, em outubro de 2008. Deficiente mental, ele foi confundido pelos acusados com um ladrão, segundo a denúncia. Testemunhas viram quando a vítima foi abordada pelos policiais.
'Highlanders'
Os policiais são acusados de integrar um grupo de extermínio que ficou conhecido como “highlanders”. O apelido se deve ao fato de as vítimas, depois de mortas, serem decapitadas.

FONTE:g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2010/07/pms-acusados-de-decapitar-vitimas-sao-condenados-18-anos-e-8-meses-de-prisao.html

quinta-feira, 29 de julho de 2010

TEMPO


"O tempo é muito lento para os que esperam
Muito rápido para os que tem medo

Muito longo para os que lamentam

Muito curto para os que festejam

Mas, para os que amam, o tempo é eterno.



William Shakespeare

Excedentes da 4ª Fase não conseguiram concluir Concurso


Após enviar ofício ao Governo do Estado e conseguir ajudar os mais de 600 excedentes do Concurso Público para Admissão ao Curso Técnico em Segurança Pública da PMMG, do Interior/2010 (CTSP Interior/2010) - Lincoln Portela abraça dessa vez a causa dos excedentes da Capital mineira e Região Metropolitana - CTSP Capital e RMBH, que não puderam entrar para a próxima fase devido a retificação da PM no concurso em andamento.

Neste ano, Lincoln ajudou a chamar os excedentes para término do concurso e a nomear os últimos formandos da POLÍCIA CIVIL DE MINAS GERAIS, a última turma a ingressar na instituição sem o TERCEIRO GRAU. A atuação do deputado junto ao governador Anastasia foi de extrema importância para que o efetivo da PC crescesse, antes da época eleitoral.

Representando os excedentes, Diogo Rodrigues Marteleto visitou Lincoln Portela na tarde de segunda-feira(26/07), pedindo mais uma vez o apoio para que mais de 900 pessoas possam ser convocadas.

Lincoln Portela, que demonstra grande preocupação com a segurança pública, neste ano de 2010 realizou diversas ações na área. Dentre elas, apoiou a aprovação da PEC 300 e faz parte da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado na Câmara.

Diogo contou ao deputado Lincoln que os concursandos estão passando necessidades uma vez que gastaram muito dinheiro com o concurso até agora e já perderam antigos empregos na expectativa de serem chamados para a conclusão do mesmo.

DIVULGUE, PASSE PARA FRENTE! Enquanto o efetivo das polícias decresce a criminalidade vem aumentando, é uma questão SOCIAL!

EXCEDENTES 2010

ATENÇÃO EXCEDENTES:
4ª fase, continuem POSTANDO E TWITTANDO O GOVERNADOR. Amanhã entrarei em contato com uma pessoa que pode nos explicar o que está acontecendo.
NÃO DESANIMEM!

Beijos da Tia U

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Acabei de chegar da Câmara


Onde Renata Pimenta recebeu duas homenagens lindíssimas pelo empenho em fazer, do seu modo, um mundo melhor. Renata, mais conhecida como RENATA DO BLOG, virou ícone da PM com seu blog voltado para as necessidades dos policiais e da sociedade. Casada, mãe de três lindos filhos, Renata é apaixonada pela família e pela instituição onde o marido trabalha. Corre nas veias dela o sangue de policial e também de comunicadora, aquela pessoa simpática e amiga que muitas vezes procuramos dentro da própria casa. O seu amor pela família e o zelo pelo trabalho do marido deu a ela hoje mais de DOIS MILHÕES de visitantes em seu blog, motivo de alegria e de inveja para muitos.
Parabéns a Renata e Wellington, que conseguiram fazer da internet um instrumento de comunicação e ajuda a classe da segurança pública.
Meu forte abraço!

Mara

Poética


Poética

De manhã escureço
De dia tardo
De tarde anoiteço
De noite ardo.

A oeste a morte
Contra quem vivo
Do sul cativo
O este é meu norte.

Outros que contem
Passo por passo:
Eu morro ontem

Nasço amanhã
Ando onde há espaço:
– Meu tempo é quando.
Vinícius de Moraes

Marina critica baixos salários de PMs em SP e no RJ

A candidata do PV à Presidência, Marina Silva, criticou nesta quarta-feira a situação da segurança pública no país e citou como exemplo os casos de São Paulo e Rio de Janeiro.

Ela desferiu críticas também às condições em que os presos são mantidos no Brasil.

"Temos gravíssimos problemas de violência. É fundamental dar uma segurança para as pessoas que lhes assegure o direito à vida. O valor da vida do cidadão, do policial, que inlcusive merece ser respeitado e ter uma remuneração digna, e o valor da vida do próprio preso, que as vezes e amontado dentro do sistema prisional e não lhe asseguram a integridade física", disse, em entrevista à rádio "ABC".

A candidata do PV criticou também os salários dos policiais militares nos Estados considerados por ela mais problemáticos.

"É um absurdo que o piso salarial de um policial no Rio de Janeiro e em São Paulo seja um dos menores do Brasil. A gente não pode, em um dos lugares mais desenvolvidos do Brasil, não prover àqueles que têm a obrigação de dar a segurança. Temos que buscar os governadores, os prefeitos", afirmou.
FONTE:Folha de São Paulo.
NOTA DO BLOG: Devemos analisar seriamente os candidatos a Presidência da República,senadores e deputados federais: estamos com a PEC 300/446 em andamento na Câmara Federal e precisamos dos deputados federais que LUTAM por ela para dar continuidade ao trabalho. Não podemos esquecer que o Projeto de Emenda Constitucional ainda deverá ser aprovado pelo Senado e sancionado pelo então Presidente (a). Faz-se extremamente necessário uma análise muito crítica sobre quem DESEJA ou não uma SEGURANÇA PÚBLICA NACIONAL bem paga e equipada.

Capital terá 13 novos radares contra excesso de velocidade



Os motoristas que circulam por Belo Horizonte devem ficar atentos. Em nove dias, 13 novos radares irão registrar os flagrantes de excesso de velocidade. A Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) ainda não informa o local exato de cada um dos equipamentos, mas ontem, por meio de nota oficial, confirmou que um contrato emergencial para o serviço estará em vigor a partir da sexta-feira, dia 6 de agosto.

No último dia 22, o Ministério Público foi informado oficialmente sobre a medida, válida por seis meses. Atualmente, Belo Horizonte tem 37 radares fixos de controle de velocidade.
Na manhã de ontem, a reportagem de O TEMPO percorreu os principais corredores de trânsito da cidade e encontrou pelo menos quatro dos novos equipamentos já instalados. Na avenida Presidente Carlos Luz (Catalão), na altura do bairro Caiçara, em frente ao Shopping Del Rey, são dois aparelhos. Na Antônio Carlos (sentido centro), na Lagoinha, há um outro radar. A avenida Heráclito Mourão de Miranda (Atlântida), no bairro Santa Terezinha, também está equipada. Esse último radar fica no sentido Abílio Machado.

A BHTrans garante que as multas ainda não estão sendo computadas, mas ontem, em alguns dos trechos, foi possível flagrar motoristas freando bruscamente ao notar os aparelhos. Em nenhum dos locais há sinalização de alerta. "Está todo mundo freando e correndo risco de um acidente", reclamou o empresário Vicente Teixeira, que mora a cem metros de um dos novos radares.

Licitação. A novela sobre os radares da capital se arrasta desde 2007. Cancelado no por acúmulo de recursos das empresas que disputam a licitação, o processo foi reiniciado em setembro de 2009. Ao todo, o contrato prevê a instalação de 50 radares fixos e três móveis, mas, por ordem judicial, a licitação está paralisada. O contrato de R$ 21 milhões é para 30 meses. Um adendo, de dezembro do ano passado, prevê ainda a instalação de 40 radares de avanço de semáforo e outros 12 de invasão de faixa de ônibus.

Segundo a assessoria de imprensa da BHTrans, os 37 radares em funcionamento atualmente são fruto de um contrato que vence no próximo dia 5. Como a licitação já previa o funcionamento dos 50 radares de registro de velocidade, a BHTrans decidiu incluir os 13 aparelhos restantes no novo contrato.

Como ainda não há vencedor da licitação, a manutenção dos equipamentos será feita pelas quatro primeiras colocadas até agora: Dataprom Equipamentos e Serviços de Informática, Splice Indústria, Comércio e Serviços Ltda, Eliseu Koppo e Cia e Consórcio BH Segura. Essa última havia ficado em primeiro lugar na concorrência, mas foi desclassificada por incompatibilidade técnica.

PM e guarda multam mais que pardais
Somente no primeiro trimestre deste ano, a Prefeitura de Belo Horizonte já arrecadou R$ 10 milhões com multas aplicadas no trânsito da cidade. Desse valor, segundo a administração municipal, R$ 3,9 milhões são oriundos de notificações emitidas pelos 37 radares. Outros R$ 6 milhões resultam de multas emitidas pelos 120 agentes da guarda municipal e policiais do Batalhão de Trânsito. Ainda assim, a prefeitura informa que existe um déficit no balanço financeiro, pois a despesa supera a receita em quase R$ 6 milhões. (RRo).


Surpresa
Sem sinalização nas ruas, motorista estranha aparelhos
Ainda que não estejam emitindo multas, os novos radares já têm causado estranhamento entre os motoristas. Em alguns dos trechos onde os aparelhos já estão funcionando, freadas bruscas têm sido comuns, principalmente porque não há qualquer tipo de sinalização para quem passa pelo local.

Na avenida Heráclito Mourão de Miranda (Atlântida), no bairro Santa Terezinha, a reportagem acompanhou, ontem, os últimos ajustes feitos por técnicos de uma das empresas terceirizadas para dar manutenção. “Está prontinho para multar. Falta só autorização da BHTrans”, disse um funcionário. O policial militar Ailton Aristeu conta que os carros estão parando em cima da faixa de pedestre, quando veem o equipamento.

Na avenida Carlos Luz, em frente ao Shopping Del Rey, alguns moradores disseram que gostaram da notícia. Para a doméstica Soraia Batista, que mora na região há 30 anos, o controle de velocidade vai ser bom para a segurança de quem precisar atravessar a avenida, todos os dias. “É raro passar um mês sem morrer alguém atropelado aqui”, disse ela.

A Catalão tem velocidade máxima de 60km/h, mas é comum os carros passarem acima do limite, segundo Elias Silva, que frequenta um bar na região.

Na avenida Antônio Carlos, em frente ao conjunto IAPI, onde foi colocado outro radar, os moradores também gostaram da ideia. “As pessoas passam aqui como se fosse Fórmula 1”, reclamou um morador.
Jornal O Tempo
NOTA DO BLOG: Radares podem até diminuir a velocidade que os motoristas dirigem mas não coibe que aconteçam acidentes e atropelamentos. Para evitar mais acidentes, acreditamos que o ideal seria mais Policiamento de Trânsito em tais vias PRINCIPALMENTE EM FRENTE AS ESCOLAS E UFMG.

Brasil deixa a desejar contra corrupção de estrangeiros, diz ONG

Um relatório divulgado nesta quarta-feira pela ONG Transparência Internacional mostra que o Brasil está entre os países que menos combatem a corrupção envolvendo cidadãos estrangeiros e empresas de outros países.

O documento, apresentado em Berlim, analisa as medidas tomadas por 36 países, entre eles o Brasil, para implementar a Convenção Anticorrupção da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Segundo a Transparência Internacional, que se dedica ao combate à corrupção, apenas sete países executam de modo exemplar medidas contra a corrupção por estrangeiros: Dinamarca, Alemanha, Itália, Noruega, Suíça, Grã-Bretanha e Estados Unidos. Estes países são responsáveis por 30% das exportações mundiais.

Um segundo grupo de nove países mostra, de acordo com a ONG, progresso na punição de casos de corrupção por empresas e cidadãos estrangeiros. Entre eles estão sete nações desenvolvidas e duas emergentes, Coreia do Sul e Argentina.

O Brasil está em um grupo de 20 nações que não progrediram e que "não aplicam ou aplicam pouco" as regras da OCDE para punir a corrupção estrangeira no país, de acordo com o estudo.

Entre essas falhas encontradas no Brasil estariam a falta de leis para incriminar empresas que tomam parte em esquemas de corrupção, sanções inadequadas e a ausência de recursos legais para punir as matrizes de empresas corruptas em seus países de origem.

O estudo diz que o fato de que 20 países não executam as leis anticorrupção como deviam, incluindo o Canadá, que é membro do G8 (grupo dos oito países industrializados do mundo), "é perturbador".

A principal causa para o pouco progresso nessas nações seria a falta de determinação por parte dos governos, que devem estabelecer órgãos especiais para cuidar do assunto, dizem os autores da análise.

No Brasil falta também pessoal especializado, treinamento e um sistema adequado para pessoas que querem fazer denúncias de corrupção, diz a Transparência Internacional.

Fonte: Uol, Folha de São Paulo

Mãe bêbada ao volante faz criança chamar serviço de emergência de dentro do carro

Uma garota de 12 anos chamou o serviço de emergência de dentro de um carro em uma estrada de Nova York porque sua mãe, que estava ao volante, "não falava com clareza e dirigia em ziguezague, atravessando o carro para outras pistas". Agora, a motorista pode ser condenada a mais de um ano de prisão por dirigir embriagada com crianças a bordo.
A menina e outra criança de 10 anos estavam no carro quando a polícia do Estado de Nova York prendeu a motorista, Jamie Hicks, de 48 anos. De acordo com a polícia, o nível de álcool em seu sangue era mais do que o dobro do limite legal permitido.
Hicks foi presa por infringir a "Lei Leandra", uma legislação nova-iorquina que torna delito grave dirigir embriagado com criança no veículo. A mulher foi liberada após pagar fiança de US$ 1.000, mas enfrentará processo e ser condenada a prisão.
* Com informações do New York Post

Nota:Ações corajosas como a da menor que chamou a atenção da polícia é que podem salvar vidas no trânsito. Segundo estatísticas da LITE (Liga de Traumatologia) o TRAUMA ONE por acidentes de veículos é a doença que mais mata no Brasil. SE BEBER NÃO DIRIJA!

terça-feira, 27 de julho de 2010

U2 gira 360° no Brasil em março


Banda irlandesa fará shows também na Argentina e no Chile. Dias e locais ainda serão definidos.


A terceira passagem do U2 pelo Brasil será em março de 2011. A banda vem com a turnê 360°. O nome expõe o formato do palco, que permite ao público ter a mesma visão do grupo em qualquer setor do estádio. Dias e locais ainda serão definidos, e a venda de ingressos deve começar ao menos seis meses antes.

Segundo o jornal chileno La Tercera, a turnê incluirá Argentina e Chile, e a apresentação em Santiago será no recém-reformado Estádio Nacional, com capacidade para 65 mil pessoas. A data depende dos ajustes de calendário que serão feitos para conciliar as aparições do quarteto nos três países.

Será a terceira visita do U2 ao Brasil para shows em 13 anos. A banda veio em 1998 e 2006. Na segunda vez, já com o mercado do showbusiness nacional aquecido, houve correria e tumulto para a venda de ingressos.

Números A turnê mundial 360° foi organizada para promover o CD No Line on the Horizon, lançado no início de 2009. A temporada começou em junho de 2009 e seria retomada no dia 12 de junho de 2010, com 16 apresentações nos EUA. Mas Bono Vox teve um problema nas costas, em Munique, na Alemanha, precisou passar por uma cirurgia e a agenda foi interrompida.

Nem por isso a banda deixou de ser a que mais arrecadou em shows no mundo, no período de um ano. O U2 colocou na conta bancária US$ 311 milhões, dinheiro que veio do bolso de cerca de 3 milhões de fãs que viram a trupe girar 360 graus nas suas cidades ou em locais próximos.

NOTA DO BLOG: EU TENHO QUE IRRRRRRRRRRRR!!!!!!!!!!!

e quem é louco pelo amor?
e quem ama o louco?
louco é quem ama o amor?
ou o amor é quem enlouquece o louco?
louco, louco, louco...louco amor.
amor louco.


Rodrigo Nunes

Texto retirado da Comunidade do ORKUT SINDPORKUT

NOTA DE UM COLEGA POLICIAL CIVIL E SINDICALISTA DO CEARÁ acerca do disparo que matou o jovem de 14 anos

Nos dias de hoje, estamos vendo uma polícia mal preparada e equipada principalmente aqui no Ceará, o atual governo criou um programa chamado de RODA DO QUARTEIRÃO, realizou concurso público para novos soldados mas não os preparou para colocá-los nas ruas com as suas devidas adequações para aqueles novos policiais militares, pois eles, depois de aprovados no concurso público, foram para academia da polícia militar fazer um curso de apenas 90 dias!
Nota-se que os governos dos estados não estão preocupados em fazer um investimento maior na aréa de segurança pública tal como investir no material humano, ou seja, no homem, no policial. O policial é mal remunerado, lógico que não há incentivo ao trabalho.
A criminalidade vem aumentando cada mais vez mais, e o policial não tem aquele apoio, aparato que ele necessita para desenvolver o seu trabalho com maior qualidade para a sociedade. O policial é sempre ameaçado por uma corregedoria, pela a secretaria de direitos humanos e por ai vai...


SERPA (Policial Civil e Sindicalista do Estado do Ceará, mobilizador da PEC300/446), especialmente para o blog.

Contra descontrole, especialistas defendem polícia integrada



Contra o descontrole nas polícias brasileiras, apontado como principal causa da sequência de condutas questionáveis dos órgãos de segurança público brasileiros nos últimos dias - como a divulgação de informações do inquérito sobre o caso Bruno e a liberação mediante propina do motorista envolvido em um atropelamento com morte no Rio de Janeiro -, especialistas defendem o fim da divisão de responsabilidades entre as corporações. No Brasil, ao contrário dos demais países, uma é responsável pelo policiamento ostensivo - Polícia Militar - e outra pelo trabalho de investigação - Polícia Civil -, a chamada polícia com "ciclo incompleto".

Tanto o especialista em segurança pública e membro do Conselho Nacional de Política Criminal Marcos Rolim quanto o pesquisador João Marcelo de Lima, integrante do Grupo de Estudos de Segurança Pública da Universidade Estadual Paulista (Gesp), acreditam em um modelo de uma mesma polícia capacitada para o policiamento ostensivo, repressão, investigação e prisões no Brasil. De acordo com eles, a instituição com ciclo completo sanaria um dos principais problemas das policiais no País: a competitividade entre as duas corporações. "No Brasil, nós criamos um modelo que construiu duas metades de polícia nos Estados. Repartimos o ciclo de policiamento, o que causa uma série de atropelos nas atuações de ambas. Elas (polícias) são hostis e competitivas.", afirma

Na avaliação de Lima, no modelo atual, em muitas situações, as duas polícias exercem funções semelhantes, mas cada uma com diretrizes diferentes. "Não temos nem uma regulamentação clara sobre o uso de força em cada uma das polícias, imagina quando duas fazem o mesmo, o que acontece seguidamente. Enfim, são duas instituições que deveriam se complementar, e não se atropelar como acontece hoje", diz. Ele ainda defende a desmilitarização da Polícia Militar. "Não há mais motivo para que a PM seja militar. Não vivemos em guerra. Precisamos de uma polícia cidadã, que considere a população receptora de seu trabalho".

Integrante da Polícia Militar do Rio de Janeiro até 2008, o ex-corregedor Paulo Ricardo Paúl afirma ser favorável ao ciclo completo das polícias e defende a adoção de um modelo semelhante ao da Inglaterra. Naquele país, todas as polícias são responsáveis pelos procedimentos de policiamento ostensivo até a investigação de delitos, dividas territorialmente. "Não precisaria unificar, mas sim estabelecer um círculo completo e fazer uma divisão territorial. Não seria essa bagunça atual", afirma. Nos Estados Unidos, as polícias são divididas de acordo com tipos penais.

A mudança no modelo de polícia está atrasada no Brasil em relação aos demais porque a reforma depende de alterações na Constituição, segundo Rolim. A atuação policial está prevista na legislação, exigindo modificações. "Antes de tudo, temos de colocar esse novo modelo dentro da Constituição, no artigo que estabelece quais são as polícias, quais as suas obrigações e responsabilidades. Então, qualquer reforma depende de uma reforma constitucional", diz.

Plano de carreira

Além da modificação do modelo das polícias para o ciclo completo, Rolim e o ex-corregedor da PM fluminense apontam um aprimoramento do plano de carreira dos policiais como solução para a corrupção, a violência e o descontrole das instituições. Na opinião de Rolim, a forma de ingresso nas polícias deve iniciar no cargo mais baixo. "Em todos os lugares do mundo, o policial faz concurso, entra na polícia para ser patrulheiro e vai ascendendo na carreira. No Brasil, criamos várias portas de entrada. O PM entra como soldado e nunca vai chegar a oficial se não fizer outra seleção. Na Civil, entra como investigador e nunca vai ser delegado se não fizer concurso para o cargo. Essas portas laterais explodiram com a carreira policial", afirma.

De acordo com o coronel Paúl, a ausência de um plano possibilita, por exemplo, que um bacharel em Direito torne-se delegado sem ter experiência em investigação. "Isso é sem sentido. A pessoa se forma, frequenta um curso preparatório, passa e entra no topo da carreira. O chefe que entra é um alienígena", diz.

Fonte: Terra
NOTA DO BLOG: Este blog não apóia idéias inconstitucionais, apenas apresenta matérias assinadas.

Rio e Minas Gerais podem decidir as eleições

Dois Estados despontam como fiéis da balança na disputa presidencial deste ano: Minas Gerais e Rio de Janeiro, segundo os números apurados pelo Datafolha.


O eleitorado de Minas Gerais é de 14,5 milhões (10,7% do país). O do Rio é de 11,6 milhões (8,5%). O Datafolha mostra Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) muito próximos na preferência de eleitores mineiros e fluminenses. Um quadro bem diferente de eleições presidenciais anteriores, quando Luiz Inácio Lula da Silva venceu por largas margens.


Em Minas Gerais, Lula ganhou a disputa em 2002 com 47% contra 20% de José Serra. Em 2006, o petista pontuou 46% contra 37% do tucano Geraldo Alckmin.


Agora, Dilma aparece com 35% contra 38% de Serra entre os eleitores mineiros (a margem de erro nesse caso é de três pontos percentuais).


Em tese, portanto, a candidata de Lula ainda tem espaço para repetir a votação de seu padrinho político -mas não há elementos que possam provar o quanto ela conseguirá avançar, ou não.


O Rio tem um cenário parecido. Lula teve 38% em 2002. Serra ficou com apenas 8%. É que naquele ano também foi candidato a presidente Anthony Garotinho, pelo PSB, obtendo uma votação parecida com a de Lula entre os fluminenses.


Em 2006, o petista subiu para 44% no primeiro turno, contra 26% de Alckmin.


Agora, a vantagem de Dilma para Serra no Rio é de seis pontos: 37% contra 31%.


Juntos, Minas e Rio respondem por 19% dos eleitores do país. Quase um quinto dos votos. Por enquanto, o comportamento final dos mineiros e dos fluminenses ainda é uma incógnita.


Há outros Estados no país nos quais essa indefinição também existe -mas não têm o peso de Minas e Rio, donos do segundo e do terceiro eleitorados estaduais.


Esse é um fenômeno também visto em eleições presidenciais nos EUA. Estados relevantes eleitoralmente são chamados de pêndulos, por ainda não estar certo para qual lado poderão balançar na disputa.


No Brasil, o lado que Minas Gerais e Rio de Janeiro escolherem até outubro será vital para se saber se o vencedor será Dilma ou Serra.


Fernando Rodrigues - Folha de São Paulo

Polícia encerra reconstituição de atropelamento de filho de atriz


Trabalho de reprodução simulada durou mais de cinco horas.
Atropelador e testemunhas participaram da reconstituição separadamente.


A Polícia Civil do Rio fez na madrugada desta terça-feira (27) a reconstituição do atropelamento que provocou a morte de Rafael Mascarenhas, de 18 anos, filho da atriz Cissa Guimarães. A simulação aconteceu no Túnel Acústico, na Gávea, na Zona Sul, e durou mais de cinco horas.
O túnel foi interditado à meia-noite de segunda (26). O jovem que confessou ter atropelado o músico, os três rapazes que estavam com ele e dois amigos de Rafael, ambos skatistas, participaram da reconstituição. Dois irmãos do músico também acompanharam a reprodução simulada.
Os policiais militares que interceptaram o motorista envolvido no atropelamento do músico não foram chamados para participar da reconstituição. Eles cumprem prisão administrativa por 72 horas no batalhão do Leblon, na Zona Sul do Rio. Em depoimento, Roberto Bussamra, pai de Rafael Bussamra, contou que o filho foi coagido a pagar propina para os policiais.
O trabalho dos peritos e dos investigadores responsáveis pelo caso começou por volta de 0h30. Em seguida, o carro que atropelou o músico foi levado para o interior do túnel assim como os skatistas amigos de Rafael. De longe foi possível observar peritos trabalhando no local, inclusive tirando fotos. A reconstituição terminou por volta de 5h40. O túnel foi reaberto em seguida.

Entenda o caso do atropelamento

Rafael Mascarenhas morreu atropelado na madrugada de terça-feira (20), enquanto andava de skate com amigos no Túnel Acústico, interditado no momento para manutenção. Segundo a delegada Bárbara Lomba, titular da 15ª DP (Gávea), um dos dois jovens que estavam com Rafael teria contado que dois carros participavam de um "pega" dentro do túnel.
Todos os envolvidos foram convocados para apresentar mais uma vez as suas versões para o acidente. Primeiro foram ouvidos, separadamente, os amigos de Rafael Mascarenhas. Um skatista cumpriu o papel de Rafael. No interior do Túnel Acústico, na pista sentido Zona Sul, eles contaram detalhes sobre o caso e mostraram o local exato do acidente.

Jovem morto com tiro disparado por PM é enterrado no CE

Foi enterrado na tarde desta segunda-feira o corpo do jovem Bruce Cristian de Oliveira Souza, 14 anos, no cemitério Jardim do Éden, no município de Pacatuba (região metropolitana de Fortaleza). Ele morreu no domingo, após levar um tiro disparado por um soldado da Polícia Militar, em Fortaleza. Segundo a administração do local, familiares e amigos participaram da cerimônia de despedida.
De acordo com a Polícia Militar, o menino estava na carona da motocicleta do pai no cruzamento da rua Beni de Carvalho com a avenida Desembargador Moreira, no bairro Dionísio Torres, quando foi atingido. Segundo a polícia, o agente averiguava uma ocorrência de assalto quando ordenou que a motocicleta parasse. O pai do jovem alega que não escutou o aviso e não parou. Ainda de acordo com a polícia, o agente realizou o disparo em direção à cabeça da vítima que, mesmo usando o capacete, não resistiu. O policial alega que queria acertar o pneu da motocicleta.
Segundo informações do Jornal Hoje , da Rede Globo, o soldado disse em depoimento que o tiro foi acidental e que só percebeu que havia atingido alguém mais tarde. Ele foi afastado. A Polícia Militar reconheceu que a operação foi desastrosa e abriu uma sindicância para decidir se expulsa o soldado da corporação. O policial que realizou o disparo foi afastado.
FONTE:noticias.terra.com.br/brasil/noticias

Mulher traída é condenada a indenizar ex-amante do marido no RS

Uma mulher de Caxias do Sul (137 km de Porto Alegre) foi condenada a pagar indenização de R$ 12,5 mil à ex-amante do marido por danos morais e materiais.
Em fevereiro de 2005, ela invadiu o trabalho da ex-amante do marido, deu três tapas no rosto dela, a chamou de palavras de baixo calão e fez ameaças.

Depois de perder o emprego devido ao escândalo, a ex-amante decidiu entrar com processo contra o casal. Na ação, ela disse que foi enganada pelo homem que dizia ser solteiro e terminou o relacionamento quando descobriu que ele era casado, no início de 2005. Segundo a ex-amante, o homem continuou a procurá-la enviando e-mails e recados.

Em sua defesa, o casal classificou o relacionamento extraconjugal de "mero caso passageiro" e que os contatos posteriores ao fim do relacionamento tinham o objetivo de manter a relação de amizade.

No primeiro julgamento, o juiz considerou improcedente a ação contra o marido infiel, mas condenou a mulher traída a pagar R$ 7.500 por danos materiais e R$ 9.300 por danos morais, valores a serem corrigidos monetariamente.

O casal recorreu da decisão argumentando que não houve testemunhas da agressão e que a ex-amante não foi demitida pelo escândalo.

A desembargadora Marilene Bonzanini Bernardi decidiu que a sentença não merece reparos quanto à responsabilidade civil da mulher, mas que ela "deve ser responsabilizada pelos atos resultantes de seu descontrole ao descobrir a traição do marido". A desembargadora reduziu a indenização por danos morais para R$ 5.000.
Fonte:1.folha.uol.com.br/cotidiano/773144, MARTHA ALVES SP

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Homem assaltou banco nos EUA usando peruca loira de mulher e calças de palhaço

Autoridades informaram que um homem assaltou um banco vestindo uma peruca loira de mulher, seios falsos sob um suéter e calças de palhaço.

A polícia de Swissvale, na Pensilvânia (EUA), disse que Dennis Hawkins, 48, estava sentado em um carro estacionado, com uma sacola de dinheiro, quando foi preso no sábado.

O chefe de polícia Greg Geppert disse que Hawkins roubou o banco usando uma arma de brinquedo que tinha roubado de uma loja.

Geppert disse ainda que Hawkins, então, entrou no carro de uma mulher, que saiu do veículo com as chaves e chamou a polícia.

Hawking foi encontrado sentado no carro.

Ele é mantido preso, com fiança de US$ 230 mil. Não ficou claro se ele tem um advogado.
FONTE:1.folha.uol.com.br/mundo/773024;ASSOCIATED PRESS

Análise: Crise na Europa e EUA ajuda a piorar contas externas do Brasil

O relatório de contas externas do Banco Central é uma das notas mais complexas sobre a economia brasileiras, porque reúne os dados de todas as transações com o exterior.

De um lado da conta estão as relações comerciais, gastos com serviços e envio de rendas, que são as transações correntes. Do outro lado estão os investimentos estrangeiros que financiam o resultado negativo dessas transações.

No primeiro semestre de 2010, o aumento das remessas de lucros e dividendos levou o Brasil a registrar o pior resultado nas suas transações com o exterior em 63 anos.

Esse movimento pode ser explicado pelo bom desempenho da economia brasileira em relação a outros países. Como lucram mais por aqui, as empresas enviam mais recursos para ajudar as matrizes. Parte das remessas reflete também o retorno de investimentos feitos nos últimos anos.

As empresas que mais enviaram recursos no ano foram de veículos, química e energia.

Para economistas, esse retorno de investimentos deve continuar até que haja uma recuperação da economia Europeia, responsável por boa parte desses investimentos.

A saída recorde de recursos também reflete a queda no saldo comercial e o aumento nas viagens dos turistas brasileiros para o exterior, que também entram nessa conta.

Em relação aos investimentos, a crise também reduziu a entrada de dinheiro para as empresas, mas ajudou a trazer dinheiro para a Bolsa. Com isso, o país ficou mais dependente dos investimentos em ações e títulos públicos para fechar suas contas.

Quando um país tem resultados negativos nas suas contas externas, a tendência é de desvalorização da sua moeda.

No caso do Brasil, no entanto, as apostas ainda são de que o real continue se valorizando. Primeiro, porque o Brasil possui nível recorde de reservas internacionais. Segundo, porque as altas taxas de juros levam os bancos a pegarem dinheiro lá fora, mais barato, para aplicar aqui.


FONTE: EDUARDO CUCOLO,DE BRASÍLIA,1.folha.uol.com.br/mercado/773008

Concessão de pensão fica mais fácil na Justiça

Os dependentes de um ex-segurado do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) podem conseguir, na Justiça, a pensão por morte, mesmo se o trabalhador que morreu não tinha condições de se aposentar e não pagava a Previdência há mais de três anos.

Decisão do TRF 3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região), que atende os Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, publicada em março deste ano, deu a pensão ao dependente de um ex-segurado que tinha o tempo mínimo de contribuição para a aposentadoria por idade, quando morreu, mas não tinha atingido 65 anos de idade.

Esse tipo de aposentadoria exige 15 anos de contribuição previdenciária, além de 65 anos de idade para homens e 60 para mulheres. Quem foi filiado ao INSS antes de julho de 1991, pode se aposentar com tempo de contribuição menor.

Ana Magalhães do Agora; Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora nesta segunda, 26 de julho, nas bancas

Nosso blog sugere aos eleitores a apreciação deste homem público defensor da Segurança Pública Nacional


Índios aceitam troca de reféns em usina hidrelétrica do MT

O grupo de indígenas de 11 etnias que invadiu na manhã deste domingo a usina hidrelétrica de Dardanelos, no Rio Aripuanã (383 km de Cuiabá), Mato Grosso, aceitou trocar os cerca de 150 funcionários que eram mantidos reféns por cinco engenheiros no começo da noite de ontem.

De acordo com o líder da etnia rikbaktsa, Jair Tsaidatase, os engenheiros e gerentes da hidrelétrica se ofereceram para ficar no lugar dos trabalhadores. A troca aconteceu por volta das 20h e foi realizada com tranquilidade.

Às 11h desta segunda-feira está prevista uma reunião entre os indígenas, uma comissão da Funai (Fundação Nacional do Índio), agentes da Polícia Federal e representantes da usina hidrelétrica. Ainda segundo o líder indígena, mais 250 índios devem chegar pela manhã de hoje para acompanhar as negociações.

De acordo com o chefe do núcleo de apoio local de Juína (729 km de Cuiabá) da Funai, Antônio Carlos Ferreira de Aquino, os índios contestam procedimentos que eles julgam equivocados no licenciamento ambiental da usina.

'Não foram considerados aspectos da situação dos índios. A empresa dinamitou a parte de um sítio arqueológico. A construção está fora da área [dos índios], mas sobre um sítio arqueológico que foi cemitério indígena e tem valor inestimável para eles', diz.


26/07/2010 - 1.folha.uol.com.br/poder/772569

domingo, 25 de julho de 2010

Contribuição de um colega



Onde já se viu, onde já se viu
Polícia Militar contra a Polícia Civil
Meu coração aperta, minha cabeça vai a mil
Ao ver a segurança pública no Brasil

É briga entre polícias, é briga entre irmãos
E quem sai em vantagem é o bandido, o ladrão
Se tem porte de arma, e escrito na Carteira
O nome de “Polícia”, então pra que essa besteira

Temos que respeitar cada instituição
É cada um na sua, cumprindo sua missão
Nem tudo é previnir, nem tudo é investigar
O corpo não precisa só do pé para andar

Assim como o corpo possui diversos membros
Com atribuições complexas, fique bem atento
Ao que eu vou te falar, com essa rima em versos poucos
Na Bíblia está escrito que precisamos uns dos outros

Fernando Soares, 82 de Sta Luzia


Nota do Blog: Esta mensagem foi retirada da página da comunidade do Orkut: SINDPORKUT.

Datafolha: 41% apostam em vitória de Dilma; 30%, na de Serra

Embora José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) estejam empatados na corrida presidencial, segundo a mais recente pesquisa Datafolha, mais eleitores apostam em uma vitória da petista sobre o tucano do que o contrário, informa Uirá Machado na Folha deste domingo (íntegra somente para assinantes do jornal e do UOL).

Para 41% dos eleitores, a vencedora da disputa será Dilma, contra 30% que acreditam em uma vitória de Serra. Realizada do dia 20 ao dia 23 em todo o país, a pesquisa apontou o tucano com 37% das intenções de voto, e a petista, com 36%.

Influência de Lula no voto para governador é relativa, mostra Datafolha
Painel: Temer fará ofensiva sobre ala dissidente do PMDB
TSE multa Serra em R$ 5 mil por propaganda antecipada
Serra lidera no Sul, e Dilma, no Nordeste, aponta Datafolha
Campanhas de Dilma, Marina e Serra se mostram satisfeitas
Falta de espaço na mídia atrapalha, diz Mercadante
Serra visita feira oficialmente encerrada em Maringá (PR)
TSE suspende direito de resposta do PT em site tucano
Se Dilma ganhar, Dirceu volta ao poder, diz vice de Serra

Há ainda 2% dos eleitores que apostam em uma vitória de Marina Silva (PV), e 26% não sabem quem sairá eleito. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

O Datafolha também monitorou o grau de convicção dos entrevistados com relação ao voto. Os eleitores de Dilma se dizem mais decididos do que os de Serra.

No caso da petista, 78% dos que a apoiam dizem estar "totalmente decididos" --mesmo índice da pesquisa anterior--, contra 19% que admitem mudar de candidato --eram 20%.

O eleitorado de Serra se declara menos convicto: 30% afirmam que podem mudar de voto --eram 28%--, enquanto 67% dizem estar "totalmente decididos" --contra 70% auferidos no levantamento anterior.

FONTE:Folha de São Paulo, domingo 25 de julho de 2010

Mulher briga com o marido e ateia fogo no próprio corpo no interior de SP

Uma mulher de 38 anos que ateou fogo em seu próprio corpo após brigar com o marido no sábado (24), em São Manuel (259 km de São Paulo), está internada em estado grave na UTI do Hospital Estadual Bauru (329 km de São Paulo).

Cláudia Regina Saudino teve 29% do corpo queimado depois de jogar álcool em seus braços e tórax e atear fogo.

Apesar de seu estado ser grave, sua situação é estável, segundo a assessoria de imprensa do hospital. As queimaduras ocorreram da cintura para cima, atingindo face, peito, costa e braços.

Ela está internada na unidade de tratamento de queimados. As queimaduras são de segundo e terceiro graus.

No momento em que ateou fogo, ela estava diante do marido -que ainda tentou conter as chamas do corpo com um cobertor.

No entanto, o cobertor também pegou fogo. As chamas se espalharam pela casa deles, que foi destruída.

Em seguida, o marido a levou a um pronto-socorro, onde recebeu os primeiros atendimentos.

Por causa da gravidade das queimaduras, ela foi transferida para o Hospital Estadual de Bauru. A Polícia Civil deve abrir inquérito na segunda-feira (26) para apurar o caso.

FONTE:MAURÍCIO SIMIONATO
DE CAMPINAS/UOL

Sargento que liberou jovem após atropelamento se apresenta para prisão administrativa

COTIDIANO

O sargento da Polícia Militar Marcelo Leal de Souza Martins, que liberou o jovem que atropelou Rafael Mascarenhas na zona sul do Rio na terça-feira (20), se apresentou na manhã deste domingo ao 23º Batalhão da PM (Leblon).

Ele e o cabo Marcelo Bigon são acusados de cobrar propina de Roberto Bussamra, pai de Rafael Bussamra, motorista que confessou ter atropelado Mascarenhas --que é filho da atriz Cissa Guimarães.

Ambos tiveram a prisão administrativa decretada na última sexta-feira (23) pelo comandante-geral da PM do Rio, coronel Mário Sérgio Duarte. O cabo também está detido no mesmo batalhão, ele se apresentou no sábado (24).

A assessoria da PM informou que o comando da Corregedoria Interna da corporação vai se reunir na segunda-feira (26) com a Justiça Militar e o Ministério Público para solicitar a prisão preventiva dos dois militares.

A prisão administrativa tem prazo de 72 horas a partir da apresentação do policial à unidade.

Em nota, a polícia também informou que, mesmo que a prisão preventiva não seja decretada na segunda-feira, os dois militares não retornarão para o serviço de rua.

Após a prisão de 72 horas e a apresentação da defesa, o comandate-geral da PM do Rio, coronel Mário Sérgio Duarte, "deverá optar pela prisão de 30 dias a fim de garantir o andamento do inquérito policial militar", informou a polícia.

Em depoimento na 15ª DP (Gávea) na sexta-feira (23), o empresário Roberto Bussamra disse que os policiais que liberaram o Siena de seu filho pediram R$ 10 mil de propina e combinaram de receber o dinheiro no dia seguinte, na praça Mauá, centro do Rio. O empresário acompanhou o filho no momento do pagamento, já pela manhã de quarta-feira (21), mas recebeu uma ligação da mulher informando que a vítima era filho da atriz Cissa Guimarães e estava morto. Segundo o depoimento, ele passou mal com a notícia e os policiais deixaram o local com R$ 1.000.

Na madrugada de ontem, o juiz de plantão no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Alberto Fraga, negou o pedido de prisão preventiva dos dois policiais militares feito pela Corregedoria da Polícia Militar na sexta-feira. Ele alegou que "os documentos revelam indícios suficientes de autoria", mas não "são bastante para embasar a custódia cautelar".



FONTE:1.folha.uol.com.br/cotidiano/772353

Índios mantêm reféns em obra de hidrelétrica em MT, diz Funai

Cerca de 300 índios de pelo menos seis etnias ocupam, desde a manhã deste domingo (25), o canteiro de obras da usina hidrelétrica de Dardanelos, em Aripuanã (MT). De acordo com Antônio Carlos Ferreira de Aquino, coordenador regional da Fundação Nacional do Índio (Funai) em Juína (MT), cerca de 100 funcionários da obra são mantidos reféns.
Segundo Aquino, a obra da hidrelétrica começou há cerca de três anos. "Houve alguma falha no processo de licenciamento e a usina foi construída sobre um cemitério indígena. Os índios vêm negociando um ressarcimento", diz o coordenador.
"Queremos a compensação, uma indenização pela construção da hidrelétrica. A obra fica a cerca de 30 km da nossa reserva e causou grande impacto social e cultural na comunidade, sem contar os prejuízos ambientais, porque os animais para caça se afastaram", diz ao G1 o líder indígena Aldeci Arara.

Os índios pedem, segundo Aquino, a presença de representantes do Ministério de Minas e Energia, da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, do Ministério Público, da Funai, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e das empresas responsáveis pela hidrelétrica para negociar a indenização.
Paulo Rogério Novaes, gerente de Meio Ambiente da Águas da Pedra, empresa responsável pelo empreendimento, afirmou ao G1 que a energética aguarda a aprovação de um programa de ações para a comunidade indígena. "A empresa jamais se negou a fazer algo pela comunidade, mas estamos aguardando um parecer da Funai, que está analisando estudos sobre o que é preciso fazer. O empreendimento, dentro da legislação ambiental, está procurando fazer tudo o que é solicitado", diz.
Segundo Novaes, a previsão é de que a hidrelétrica entre em operação em janeiro de 2011.


FONTE:Do G1, em São Paulo, com informações da TV Centro América