terça-feira, 31 de agosto de 2010

Hélio Costa começa a perder votos e quer que Lula suba o tom contra Anastasia

A campanha do candidato do PMDB ao governo de Minas, Hélio Costa, quer que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva suba o tom contra Antonio Anastasia (PSDB) no mesmo depoimento que gravará para o programa de TV do peemedebista.

Costa trabalha para que Lula nacionalize a eleição mineira e deixe claro em sua fala que Anastasia, afilhado político de Aécio Neves (PSDB), está relacionado à oposição nacional --ao lado de José Serra (PSDB) e contra Dilma Rousseff (PT) e o próprio presidente.

Anastasia, por sua vez, tem mostrado pouco Serra em sua campanha.

Os depoimentos gravados por Lula até agora apenas elogiam Costa, sem mencionar o adversário. A estratégia de colar Anastasia à oposição ao lulismo também passará a ser usada em toda a propaganda do peemedebista.

A ofensiva de Costa vem após o crescimento de Anastasia nas pesquisas. Na mais recente Datafolha, o tucano registrou 29%, contra 43% do peemedebista. No último Ibope, os dois estão em empate técnico e Anastasia já está numericamente na frente: 35%, contra 33% de Costa.

Dilma bate Serra por 48% contra 29% entre os mineiros, segundo o Datafolha.

O vice de Costa, Patrus Ananias (PT), vai a Brasília amanhã para se reunir com o presidente. Além de acertar a gravação para a TV, vai insistir que Lula vá a Minas pelo menos cinco vezes até a eleição e se empenhe diretamente na disputa mineira.

A campanha de Costa quer que Lula veja a eleição mineira como "a mãe de todas as batalhas" e entender a vitória como questão de honra.

O argumento é que a derrota de Costa mancharia o triunfo do lulismo no país. A oposição manteria a atual resistência nos dois maiores colégios eleitorais do país: Minas e São Paulo, onde o PSDB tem larga vantagem.

Fonte: Folha de São Paulo

Bebê de 50 dias tem parada respiratória em SP e é salvo pelo telefone

Um bebê de 50 dias teve uma parada respiratória na madrugada desta segunda-feira, em São Paulo, e foi salvo pelo atendimento por telefone de uma policial militar.

A soldado Kátia Bevilácqua foi quem atendeu a ocorrência, por volta de 4h da manhã. Ela conta que o tio da criança telefonou pedindo ajuda e que podia ouvir o desespero da mãe aos fundos. Bevilácqua orientou o tio a dar tapinhas leves nas costas da criança e mantê-la de bruço, até que voltasse a respirar.

Logo a criança tossiu e começou a chorar, ainda respirando com dificuldade. Uma viatura da PM chegou ao local e levou a menina ao pronto-socorro do Grajaú (zona sul de São Paulo).

"Você não pensa em mais nada, só quer salvar a criança. De qualquer jeito você tem que salvar", conta a soldado, que tem um filho de dois anos.

A mãe do bebê, Thais Batista de Almeida, diz que mora em Taboão da Serra (Grande São Paulo) e veio passar o fim de semana na casa de parentes. Durante a madrugada, a filha começou a tossir de forma contínua, como se estivesse engasgada, e parou de respirar. Sem reação, a bebê ficou arroxeada. "Eu fiquei desesperada, não sabia o que fazer", conta.

Por volta das 10h30, a criança tinha ganhado alta e estava em casa com a família.

FONTE: Folha de São Paulo

Túnel para resgate de mineiros no Chile começa a ser perfurado

Engenheiros no Chile começaram a escavar na noite de segunda-feira o túnel que será usado para retirar os 33 mineiros que estão soterrados há três semanas em uma mina no norte do país.

As autoridades acreditam que o túnel precisará de três a quatro meses para ser concluído.

Uma escavadora Strata 950 começou a perfurar o solo para construção do túnel na segunda-feira à noite.

O túnel terá aproximadamente 60 centímetros de largura. Quando ele for concluído, uma gaiola será içada para baixo, para resgatar cada mineiro, um a um.

O ministro de Mineração do Chile, Laurence Golborne, disse que dez alternativas de resgate estão em estudo pelos engenheiros. Ele negou que seja possível resgatar os mineiros em apenas um mês.

SAÚDE

Alguns dos mineiros estão com infecções e feridas provocadas pelo calor superior a 30 graus. Outro problema é a umidade no refúgio onde eles se encontram, dentro da mina.

"Podem ocorrer epidemias ou microepidemias muito graves. Temos que preveni-las", disse à BBC o ministro da Saúde do Chile, Jaime Mañalich.

O Ministério da Saúde concluiu na segunda-feira uma análise física, médica e mental dos mineiros. Cada mineiro já perdeu, em média, dez quilos.

"Demos a eles medicamentos, fizemos exames, medimos a pressão, pulso, temperatura e circunferência abdominal todos os dias", disse Mañalich.

Os médicos acreditam que a fase de recuperação física já foi concluída, depois que os mineiros passaram dez dias racionando alimentos. Agora, segundo os especialistas, começa a fase de estabilidade.

Uma das maiores preocupações das autoridades é evitar que eles fiquem desidratados. Os mineiros têm recebido água potável pelos três estreitos túneis usados para comunicação com a superfície.

Para ajudar a manter o equilíbrio mental, as autoridades vão pedir que os mineiros ajudem no seu próprio resgate, retirando os entulhos produzidos pela escavadora.

Os mineiros também estão sendo estimulados a manter um ciclo de dia e noite, com luz artificial dentro da mina.

TELEFONE

No domingo, eles tiveram o primeiro contato telefônico direto com seus familiares.

Parentes dos 33 mineiros presos fizeram filas para usar uma cabine especial de telefone. Cada um teve cerca de um minuto para conversar com os familiares.

Psicólogos que acompanham os trabalhadores presos desde o dia 5 na mina San José, no deserto do Atacama, pediram para os parentes dos mineiros que passassem mensagens otimistas.

sábado, 28 de agosto de 2010

Policial Civil se disfarça de candidato a deputado em favela de SP; operação prende 25


A Polícia Civil de São Paulo infiltrou um policial travestido de candidato a deputado estadual durante 60 dias na favela de Heliópolis, uma das maiores do país, na zona sul de São Paulo, para uma operação contra o tráfico de drogas no local.

No início da noite desta sexta-feira, 25 pessoas suspeitas de ligação com o tráfico de drogas foram presas na área da favela pelo Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos), responsável pela infiltração do falso político.

O objetivo do policial que se passou por político era conseguir mapear os pontos de venda de droga na região e também fazer imagens dos suspeitos de ligação com a criminalidade em Heliópolis.

Quando circulou pela favela fingindo tentar obter votos, o falso candidato a deputado era acompanhado de cabos eleitorais, também policiais do Garra disfarçados.

Para enganar os envolvidos com o tráfico de drogas em Heliópolis e dar mais realismo ao falso político, o Garra criou até uma legenda de partido político fictício.

Datafolha confirma Aécio e Itamar na liderança pelo Senado em MG

Aécio Neves (PSDB) é o candidato mais bem votado entre todos pesquisados pelo Datafolha e agora lidera a disputa por uma das vagas ao Senado de Minas Gerais com 70% das intenções de voto (ele tinha 68% no levantamento anterior).

Segundo Pesquisa Datafolha feita nos dias 23 e 24, em segundo lugar está Itamar Franco (PPS), com 44% (tinha 47%). Fernando Pimentel (PT) subiu cinco pontos e agora tem 25%.

Marilda Ribeiro (PSOL) tem 3% das citações, Rafael Pimenta (PCB) e Miguel Martini (PHS) tem 2% cada um. Têm 1% das intenções de voto Mineirinho (PSOL), José João da Silva (PSTU), Alfredo (PRB), Zito Vieira (PC do B), Betão (PCO) e Efraim Moura (PSTU).

Entre os eleitores mineiros, 10% afirmam votar em branco ou anular o voto para uma das vagas, e 5% para as duas. Estão indecisos sobre uma das vagas 22%, e para as duas, 10%.

Foram ouvidos 1.261 eleitores em 52 municípios de Minas Gerais. Contratada pela Folha e pela Rede Globo, a pesquisa está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número 25.452/2010.

NOTA DO BLOG: Estamos questionando DE UMA FORMA GERAL se tais pesquisas de intenção de votos tem realmente um teor aproximado, principalmente nestas eleições. Além de ter que votar SEIS vezes, o eleitor terá que "encontrar" seu título. É que não há uma estatística que revela o percentual de pessoas que antes votavam apenas com sua carteira de identidade. Ao nosso ver, isto pode inclusive alterar o segundo turno, se for o caso. Mara.

Gabeira é abordado por traficantes no Rio

O candidato do PV ao governo do Rio, Fernando Gabeira, foi abordado por traficantes armados ontem à noite, quando fazia campanha na favela Vila Cruzeiro, na Penha, zona norte da capital.

A visita não estava prevista na agenda, mas Gabeira resolveu ir a convite do candidato a deputado estadual Gilberto Silva (PPS), que o recebeu ao lado de cabos eleitorais. O deputado verde circulou pela favela por cerca de uma hora e meia, passou por homens armados e chegou a ser parado por um grupo, com o qual conversou.
Gabeira disse que negocia apenas com as associações de moradores e que está disposto a entrar em qualquer comunidade do Rio. O candidato tem afirmado que as UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora), carro-chefe da campanha à reeleição do governador Sérgio Cabral, cobrem uma parte muito pequena da cidade.

"O governador diz que há paz no Rio. Eu digo que não, porque por todo lado vejo gente de fuzil, metralhadora, granada... Ele fala sobre 1% das comunidades que estão pacificadas. A maioria esmagadora não está. Ele diz que vai levar as UPPs para cada comunidade. Não temos recursos suficientes", afirmou ele na sabatina realizada pela Folha na última quarta-feira.

Em 2002, o jornalista Tim Lopes, da TV Globo, foi sequestrado na Vila Cruzeiro enquanto fazia reportagem num baile funk e morto por traficantes. A favela integra o complexo da Penha, vizinho ao complexo do Alemão. A região é a principal da facção Comando Vermelho.

Neste sábado, Gabeira fez campanha pela manhã em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, e às 15h se encontra com voluntários na Glória, zona sul da capital.

domingo, 22 de agosto de 2010

NOSSO BLOG OFERECE ESTE CANDIDATO PARA APRECIAÇÃO DOS VISITANTES


Shakespeare Apaixonado


Shakespeare Apaixonado


Eu terei um amor verdadeiro,
Um amor de poeta,
Um amor que preencha,
Um amor que completa

Que diga que me ama mais que tudo na vida
Que diga que vida sem você meu amor:
Não é vida !

Que sonhe acordado,
que chore calado,
que me olhe nos olhos,
que voe mais alto.

Um amor que me entenda,
Um amor que me explique,
Um que me salve,
Um que suplique.

Eu terei um amor de menino,
Um calor, um carinho,
Um abraço, um beijinho.

Contar meus segredos,
Desejar seus desejos,
Valsar em seus dedos,
Banhar-me em seus seios.

Onde meus olhos não se cansam de olhar,
Onde a paz teima em reinar,
Onde a morte não há de alcançar,
Onde o sorriso paira no ar.

Um amor que floreça e se renove a cada manhã,
Que vence o invisível,
que molda o impossível.

Que me molhe, me seque,
Que me queime, me esfrie.

Que entorpece, que ilumina,
Que faz mal, me sadia.

Que me enlouquece, me fortalece,
Me transforma, Me alucina.

Que me prove que tudo é fácil na vida,
Que destrua as incertezas, as doutrinas,
Que me leve consigo para onde quiser,
Que me faça homem, que me faça mulher.

Que repita o meu nome,
Que jure no altar,
Que me mate de amor,
Que não sabe esperar.

Que não me esqueça,
Que não me perdoe,
Que não me alimente,
Que não me abandone.

Eu terei um amor verdadeiro,
Um amor de poeta,
Um amor que preencha,
Um amor que completa

sábado, 21 de agosto de 2010

Discurso antiamericano domina reunião de grupos de esquerda na Argentina


Marcia Carmo
De Buenos Aires para a BBC Brasil
Um discurso marcado por críticas às políticas dos Estados Unidos dominou os quatro dias do encontro do Foro de São Paulo - grupo formado por partidos de esquerda latino-americanos, entre eles o PT - e se refletiu também no documento final da reunião, que terminou nesta sexta-feira, em Buenos Aires, Argentina.

“Rejeitamos o processo de militarização na América Latina e, especialmente, os Planos Colômbia e Mérida (México), peças com as quais o imperialismo norte-americano pretende garantir sua fragilizada e impopular hegemonia na América Latina”, diz a declaração final do encontro, divulgada nesta sexta-feira.

No documento, os membros do Foro sugerem ainda que os países da América Latina adotem uma política conjunta para combater o tráfico de drogas e a criminalidade, sem, no entanto, entrarem em detalhes sobre a proposta.

Em relação à situação política da Colômbia, dominada há décadas por um conflito entre governo e guerrilhas de esquerda, os membros do Foro defendem uma saída “negociada”, com mediação internacional e, entre outras medidas, a “liberação imediata dos que foram privados de liberdade devido ao conflito político”.

Nos primeiros dias do encontro, representantes colombianos haviam afirmado que pediriam uma referência no documento final à “libertação dos reféns” das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) para a retomada das negociações no país.

Esquerda

A declaração final do Foro foi lida pelo secretário-executivo do grupo e membro do Diretório Nacional do PT, Valter Pomar.

O texto traz ainda uma declaração de “solidariedade à Revolução Cubana”. Durante a leitura do documento, todas as referências a Cuba e ao líder Fidel Castro foram bastante aplaudidas pelos participantes.

Segundo a organização, participaram do encontro 600 inscritos, de 54 partidos e 33 países.

No entanto, somente nesta sexta-feira, na hora da leitura e votação de cada parágrafo do documento final, a sala estava cheia, incluindo participantes em pé.

A reunião foi marcada pela preocupação dos organizadores em destacar que o Foro não tem ligação com as Farc. “Repetirei como um mantra. O Foro não teve e não tem ligação com as Farc”, disse Pomar.

O encontro foi marcado também pela ausência de alguns setores da esquerda. No caso do Brasil, compareceram o PT, o PCB e o PC do B, mas o PPS, que integra o Foro e faz parte da chapa que apoia o candidato tucano à Presidência, José Serra, não mandou representante, assim como o PSOL.

Irã inaugura sua primeira usina nuclear


O Irã iniciou neste sábado operações na primeira usina nuclear do país ao carregar o reator de Bushehr com combustível fornecido pela Rússia.

Espera-se que a usina no sul do país comece a produzir energia elétrica dentro de um a três meses.

A Rússia fornece o combustível nuclear da usina e retira o material utilizado. Especialistas dizem que esta medida praticamente elimina a possibilidade de combustível ser desviado para a produção de armamentos.

O Irã foi recentemente alvo de uma quarta rodada de sanções da ONU por causa de seu programa de enriquecimento de urânio que é apontado por muito países como indício da meta do país de produzir armas nucleares embora o governo iraniano insista que o objetivo é apenas a produção de energia.

Símbolo

O Irã planeja uma série de eventos para marcar a inauguração da usina, que levou 35 anos para ser construída.

"Apesar de todas as pressões, sanções e dificuldades impostas por nações ocidentais, testemunhamos agora o nascimento do símbolo maior das atividades nucleares pacíficas do Irã", disse o responsável pelo programa nuclear irano, Ali Akbar Salehi.

O urânio usado como combustível na usina tem um nível de enriquecimento de 3,5%, muito abaixo dos 90% necessários para a fabricação de armas.

Na sexta-feira, Salehi afirmou que o Irã continuará enriquecendo urânio.

O Irã possui um programa paralelo de enriquecimento de urânio, que é visto com preocupação por países como Estados Unidos e Israel.

Relatos vindos de Washington sugerem que os EUA não fizeram objeções a construção da usina de Bushehr em troca do voto russo na última rodada de sanções contra o Irã.

Correspondentes dizem que o governo americano vem mudando o tom de seus comentários sobre Bushehr, descrevendo a usina como símbolo dos benefícios pacíficos da energia nuclear.
BBC

Eleições 2010: votar só com título e documento oficial com foto


A TARDE On Line
Nas eleições de 2010, haverá uma mudança na hora de votar. O eleitor vai precisar apresentar dois documentos: o título de eleitor e um documento oficial com foto. Se houver ausência de um dos dois, o cidadão não poderá votar. Essa novidade se dá em cumprimento à lei nº 12.034, aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva no dia 29 de setembro do ano passado.

Carteira de identidade ou documento de valor legal equivalente (carteiras funcionais); certificado de reservista; carteira de trabalho; e a carteira nacional de habilitação são os documentos considerados oficiais com foto que comprovam a identidade do eleitor.

Para aqueles que ainda não possuem o título de eleitor têm até a próxima quarta-feira, 5, para tirar o documento no Tribunal Regional Eleitoral da Bahia – na Central de Atendimento ao Público da sede no CAB, nos cartórios eleitorais e nos SACs.

Para o eleitor que já tem inscrição na Justiça Eleitoral, mas perdeu ou teve o título extraviado, pode solicitar a segunda via até dez dias antes do pleito.

O primeiro turno das eleições ocorre no dia 3 de outubro, quando acontecem as eleições gerais para presidente da República, governadores, senadores, deputados federais, deputados estaduais e distritais.
NOTA DO BLOG: Muitos eleitores não tem título e votam apenas com a identidade e tal informação não tem sido divulgada com tanta intensidade quanto deveria. O fato de ter perdido o título pode modificar E MUITO resultados de pesquisas de intenção de voto afinal não se tem ainda uma porcentagem sobre quantos eleitores não votarão em função da falta do título eleitoral. Nós chamamos a atenção para que tomem providências necessárias, principalmente pessoas que precisam estar com a documentação em dia para ingressar em faculdades e empregos.

Quem será Dilma?

De Fernando de Barros e Silva:

Na definição de um observador agudo da vida brasileira, Dilma Rousseff parece uma líder estudantil preocupada o tempo todo em disfarçar que é de esquerda. De certa forma, tudo nela virou disfarce. Sua propaganda transforma o país em cidade cenográfica, onde se desenrola, em película, o enredo apoteótico do lulismo. A política se dilui numa espécie de comunhão familiar, na qual Dilma ora é a mãe, ora é a mulher, ora é a herdeira de Lula ou do Brasil. Não há eleição sem teatro, sabemos disso, mas as personas políticas de Serra e de Marina não parecem ser anteriores às suas identidades. De Dilma seria mais difícil dizer o mesmo. Sob a figura enigmática da candidata replicante, há uma questão de fundo: Dilma suscita expectativas de setores do PT e temores de parte da oposição pela mesma razão. A saber: que venha a fazer um governo claramente orientado à esquerda. Caberá à história, quem sabe, decifrar essa esfinge.

E de Eliane Cantanhêde:

Quanto mais Dilma cresce e se aproxima da vitória no primeiro turno, mais dúvidas surgem sobre seu eventual governo. Sabe-se muito pouco de Dilma Rousseff. Ela virou a ministra-forte e evoluiu para ser candidata por instinto e capricho de Lula. Rejuvenesceu, coloriu os cabelos, maquiou o rosto, trocou o guarda-roupa. Foi treinada, enfrentou bem entrevistas ao vivo e debates. Mas o que está por baixo de tudo isso? Cabe perguntar o que vem por aí caso Dilma seja a primeira mulher a subir a rampa do Planalto. Não dá para apostar como será Dilma ao trocar o personagem de candidata pelo de "mãe dos brasileiros". Simplesmente porque não se sabe quem é Dilma.

Escrito por Nelson de Sá (Folha de São Paulo)

Debate revela que eleitor é quem sabe das coisas

Não sei se é fruto do exercício da democracia ou de certo cansaço em relação a tudo o que vê e ouve, mas o debate de hoje no Tuca, onde Folha e UOL reuniram Marina, Serra e Dilma, é o segundo evento dessa natureza em que presencio o eleitor mandar tudo às favas ou, simplesmente, soltar o verbo ali, na lata.

Chega de intermediários parece ser o lema de 2010. Há uma semana, no debate da Band entre os candidatos ao governo do Rio de Janeiro, percebi pela primeira vez que algo havia mudado. Enquanto todos se uniam na tentativa de desconstruir Sergio Cabral ou o menos expressivo questionava as alianças de Fernando Gabeira, o eleitor botou a cara no vídeo e chamou todo mundo às falas.

“Se for eleito o senhor vai fazer o que para resolver tal problema?” Hoje foi a mesma coisa. Dilma falou mal de Fernando Henrique, mentiu sobre inflação e não disse coisa com coisa sobre o que já dissera a respeito de aborto. Serra baixou o sarrafo no PT, chamou Dilma de mentirosa e bateu no peito: governar é com ele mesmo. Marina, bondosa senhora, esculhambou com os dois (mais com Serra). Puro blábláblá.

Mas aí entrou em cena o internauta, este eleitor em estado bruto, e salvou o debate. O primeiro já sentou a borduna em Dilma ao perguntar como ela se sentia no papel de alternativa derradeira, já que Zé Dirceu, Palocci e Genoíno tinham metido a mão inteira na tomada. O segundo indagou de Serra como justificava os “picaretas” que hoje aponta na campanha do PT terem sido seus aliados por tantos anos. Saia justa geral. E por aí foram os internautas. Preço do pedágio, impostos, a vida real, enfim. Tornaram-se a garantia de um bom debate. Viva o eleitor.


Xico Vargas, Folha de São Paulo

Plano de saúde de idoso sem alta por faixa etária

Se o Estatuto do idoso fosse respeitado não seria preciso que os usuários de planos de saúde tivessem que recorrer à justiça para garantir seus direitos. Afinal, ele proíbe a discriminação por meio da cobrança de valores diferenciados em razão da idade. Agora a Justiça Federal em Belo Horizonte determinou que a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) altere duas resoluções para que "nenhum idoso, em todo o país, tenha sua mensalidade nos planos de saúde aumentada apenas em razão de atingir a idade de 60 anos".
De acordo com a decisão, a ANS ainda deve fazer ampla divulgação da sentença, e exigir de todas as operadoras de planos de saúde, em todo o País, cumprimento do Estatuto do Idoso. A ação foi ajuizada em agosto do ano passado, pelo Ministério Público Federal (MPF), e contestava a legalidade de Resoluções que fixaram regras para a variação de preço por faixa etária a serem seguidas pelos planos de saúde. No entendimento do MPF, a Lei 10.741/03 é uma norma de ordem pública e, por isso, deve retroagir, prevalecendo sobre qualquer contrato, independentemente de quando este foi firmado.
Escrito por Maria Inês Dolci .
Folha de São Paulo

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

ATENÇÃO EXCEDENTES DA 4 FASE

Notícias sobre a chamada no orkut do Lincoln Portela.
Favor ler e deixar nome, caso disponíveis para me encontrar na reunião.
Abraços

Tia U

Anuncio de um carro de um amigo

Vendo:

Ford KA 1.0 GL Image Motor Zetec Rocam 1999/2000
Azul Metálico Claro
Completo, pára choque da cor do carro, com ar condicionado, direção hidráulica,
vidros elétricos, travas elétricas, alarme positron, lavador e
desembaçador traseiro, calotas e insulfilme novos, mecânica 100 %,
interior conservado, exterior tbm.
108.000 Km originais, sendo que esse motor, segundo a própria Ford, roda 240.000 km sem precisar de retífica.
Tô vendendo pra comprar outro carro.
Valor: R$13.500,00

Interessados entrar em contato por orkut:
http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=11011827683026389005

PT PROCRASTINA PEC MAIS UMA VEZ!

Desta vez, eles não compareceram.
Os líderes partidários estão preocupados com a falta de quórum que impede as votações em plenário no esforço concentrado desta semana - o último antes das eleições de outubro. Durante o período da manhã, não houve a sessão extraordinária prevista, também devido à falta de quórum. O vice-presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS), admitiu que, de fato, o maior problema desse esforço concentrado é a falta de número suficiente de deputados na Casa.

O presidente da Cobrapol, Jânio Bosco Gandra, e dezenas de policiais civis, militares e bombeiros estão na Câmara dos Deputados e realizam um trabalho de convencimento dos deputados federais para que eles compareçam à sessão plenária. “Queremos que a PEC 446/09 seja votada hoje ainda. Não vamos admitir que a Câmara encerre seus trabalhos sem aprovar essa matéria que é de suma importância para sociedade brasileira. Por isso, estamos com toda a pressão sobre a oposição para garantir aprovação do Piso”, afirmou.

O mínimo necessário para que os trabalhos em plenário se iniciem é de 257 deputados. O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), afirmou que os parlamentares vão esperar mais uma ou duas horas para ver se haverá quórum, e confirmou a inclusão da PEC 446/09 na pauta.

Por Giselle do Valle
Fonte: Imprensa Cobrapol com informações da Agência Câmara

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Cartão postal enviado em 1957 chega ao destino na Inglaterra


Um cartão-postal enviado da África do Sul em 1957 finalmente chegou ao seu destino em Dorset, na Inglaterra.

A carta, proveniente de Durban e endereçada somente a "J.C. Belsey", foi entregue a funcionários do centro de educação ambiental Monkton Wyld Court, perto de Bridport, no sudoeste do país.

Empregados do centro estão agora tentando encontrar o destinatário original da missiva.

"J.C. Belsey" pode ter sido um aluno, professor ou funcionário do edifício quando ali funcionava uma escola privada com cerca de 36 estudantes na época em que o cartão postal foi enviado.

O cartão parece ter sido escrito por avós ao seu neto. Nela, os remetentes fazem referência a um passeio de ônibus e ao jantar no hotel.

"Choveu um pouco hoje, mas ainda assim está quente", prossegue o remetente.

O administrador do centro educacional, Mark Fell, disse que "todo mundo ficou muito animado de receber algo assim tanto tempo depois".

Ele disse que o centro está entrando em contato com ex-alunos e funcionários da antiga escola privada para tentar achar o destinatário original do cartão.

Uma das esperanças é uma reunião de ex-alunos agendada para maio de 2011.

Comentando o episódio, um funcionário dos Correios da Grã-Bretanha disse não poder "especular" o que ocorreu com a carta, mas afirmou ser "improvável" que a correspondência tenha permanecido tanto tempo na instituição.

"É extremamente improvável que este item tenha permanecido no nosso sistema todo esse tempo. Nós regularmente esvaziamos todas as nossas máquinas e escritórios de triagem", ele afirmou.

"É difícil especular sobre o que aconteceu, mas quase com certeza o cartão foi colocado novamente em uma caixa de correio recentemente."
FONTE:BBC

BBC investiga impacto da internet na série SuperPotência

Peter Horrocks Diretor do Serviço Mundial da BBC
Há 20 anos, um discreto engenheiro britânico estava prestes a mudar o mundo. Tim Berners-Lee dava os retoques finais em um projeto que se tornaria a “world wide web”, a rede mundial de computadores. Clique Como ele mesmo afirma, ninguém poderia ter antevisto a importância do projeto.

Hoje, a BBC News lança uma série de duas semanas no rádio, na TV e na internet, avaliando essa invenção e considerando como ela está mudando nossas vidas.

É uma chance de nos distanciarmos do ritmo frenético de mudanças das duas últimas décadas e avaliarmos o quão longe chegamos, e o quanto ainda é possível avançar.

Para parte do nosso público, a internet pode ter se tornado uma parte mundana de suas vidas. Para outros, essas ainda são águas não navegadas. Não importa qual seja sua experiência, esperamos que essa série use o alcance da BBC para revelar histórias inéditas e dar a você uma nova perspectiva.

Estamos chamando a série de SuperPotência, uma palavra que – acreditamos – relembra eventos ocorridos há duas décadas. À época, a Cortina de Ferro caía e as relações de poder que dominaram a última metade do século 20 chegavam ao fim. As superpotências mundiais se transformavam e outras – com novas estruturas de poder – emergiam. A internet cresceu com esse pano de fundo, e seu efeito sobre a nova paisagem mundial pode ter apenas começado.

SuperPotência é uma chance de examinar essas tendências e perguntar quem se beneficia delas: quem está controlando esse poder recém-descoberto?

Um exemplo é a distribuição de conhecimento. Alguns acreditam que informação significa poder, e que a internet é o primeiro meio em que todos podem ser ouvidos. Mas, obviamente, se você quer ser ouvido, precisa ter acesso.

Vivemos em um mundo dividido entre privilegiados e despossuídos. Menos de um terço da população mundial está conectada; para mais de quatro bilhões de pessoas, a conectividade ainda é algo desconhecido. Durante a série, vamos investigar esse desequilíbrio.

Em nosso projeto On/Off, acompanhamos moradores do vilarejo de Gitata, no norte da Nigéria, enquanto eles ensaiavam seus primeiros passos na internet através do uso de telefones celulares.

O vilarejo, duas horas ao norte de Abuja, está agora conectado à rede de eletricidade e tem ligações mínimas com o mundo. Como eles reagirão quando se juntarem, finalmente, à “conversação global”?


Milhões dependem hoje da internet no mundo para trabalhar, comprar, se relacionar...

Para contrastar, passamos na Coreia do Sul – a nação mais conectada do planeta -, onde convencemos duas famílias a abandonar sua conexão banda larga por uma semana. Eles conseguiram funcionar separados de uma sociedade aparentemente tão dependente da internet?

Também vamos mostrar como essa tecnologia integrou pessoas antes isoladas, e deu a elas uma ferramenta para dividir suas experiências. A BBC Rússia passou dias ao lado de pessoas com deficiências físicas, por exemplo, para saber como a internet permitiu que eles participassem de sociedades das quais eram excluídos.

Esse é um tema comum na internet. A rede é uma ferramenta que permite que pessoas contribuam e se envolvam com organizações e indivíduos que, antes, estavam fora de seu alcance. Paradoxalmente, a internet também forçou algumas organizações a serem mais transparentes e abertas.

Esse fenômeno foi amplamente sentido no jornalismo. Quando me juntei à BBC, a relação com o público era uma via de mão única. Fazíamos programas que seriam exibidos e – à exceção das cartas ocasionais – ponto final.

Essa série é a chance de ganhar perspectiva, avaliar essa mudança e perguntar: se todos vamos dividir essa nova SuperPotência, o que devemos fazer com ela?
Peter Horrocks
Hoje, nosso público está, como frequentemente afirmamos, no centro de nossos pensamentos. Portanto, outra parte da série, My World, será feita com seus documentários, sobre a sua perspectiva sobre o mundo conectado.

E, é claro, também queremos encorajar você a participar das discussões de debate sobre esse poder emergente.

Também queremos retratar o que está sendo dito na internet sobre a série e sobre acontecimentos mundiais. Clique Blogworld vai selecionará o melhor da blogosfera em várias línguas, e o site BBC News estabeleceu uma parceria com a rede sem fins lucrativos de jornalistas-cidadãos Clique Global Voices, para oferecer perspectivas diferentes sobre o noticiário.

É claro, qualquer tecnologia pode também ser usada para fins nefastos. Portanto a série investigará a censura, o crime online, a guerrilha cibernética e outras consequências lamentáveis.

Há 20 anos, apenas os adeptos da ficção científica poderiam ter imaginado países atacando outros com códigos de computador. Mas agora paredes virtuais se juntam a tijolos e morteiros na lista de meios usados por países que querem se proteger de ameaças externas.

O mundo foi transformado.

Essa série é a chance de ganhar perspectiva, avaliar essa mudança e perguntar: se todos vamos dividir essa nova SuperPotência, o que devemos fazer com ela?

A BBC Brasil publica reportagens selecionadas da série SuperPotência. Para aqueles que quiserem ter acesso à série completa, a BBC tem umaClique página especial.

Em novo jingle, Lula canta para Dilma

A despedida de Lula da Presidência dá o tom do novo jingle que a campanha de Dilma Rousseff (PT) coloca no ar, a partir de hoje, com o horário eleitoral gratuito.

A música não cita os nomes de Lula ou Dilma, mas é como se o presidente estivesse cantando para Dilma.

"Deixo em tuas mãos o meu povo e tudo o que mais amei/Mas só deixo porque sei, que vais continuar o que fiz" é a frase que abre o jingle, em um ritmo lento, uma mistura de música nordestina com sertanejo.

A música é longa para um jingle --tem dois minutos e meio--, e nem sempre irá ao ar por inteiro. Ela será também usada em comícios.

Em outro trecho, o jingle diz que "agora as mãos de uma mulher vão nos conduzir" e que "meu povo ganhou uma mãe".

A música é uma parceria de João Santana, marqueteiro de Dilma, e João Andrade.

Além de aparecer no programa de rádio hoje pela manhã, a música irá fechar o programa do PT da coligação na noite de hoje, com imagens de Lula desde sua posse, em 2003, até hoje.



Deixo em tuas mãos o meu povo
E tudo o que mais amei
Mas só deixo porque sei
Que vais continuar o que fiz
E meu país será melhor
E o meu povo mais feliz
Do jeito que eu sonhei e sempre quis

Quando passo no meu Nordeste
Vejo o quanto já fizemos
Mas ainda o que farás
Sei pelo Sul tu tens carinho
Porque ele te acolheu
Quando precisar vás mais
Sei que amas o Sudeste
Meu São Paulo, nosso Rio
E tua Minas Gerais
Que te viu jovem e valente
E logo te verá
Primeira presidente

No Norte sei que jamais
O povo a mata e as águas esquecerás
E do Centro-Oeste eu sei que cuidarás da semente
que com muito amor plantei

Agora as mãos de uma mulher vão nos conduzir
Eu sigo com saudade, mas feliz a sorrir
Pois sei, o meu povo ganhou uma mãe
Que tem um coração que vai do Oiapoque ao Chuí

FONTE: Folha de São Paulo

Maior potência da natação, EUA encaram avalanche de denúncias de pedofilia

Deena Schmidt demorou muitos anos para criar coragem e quebrar o silêncio.
Campeã olímpica em 1972, apenas agora ela reuniu forças para revelar ter sido molestada sexualmente por seu treinador quando era nadadora, na década de 60.

Um desabafo que atraiu ainda mais holofotes para um escândalo que atinge desde o início do ano os EUA, maior potência da natação e palco do Pan Pacífico, principal competição desta temporada, que começa amanhã.

Deena é um exemplo na elite do esporte. Mas em todos os níveis, dos mais simples aos mais badalados clubes do país, os EUA encaram uma avalanche de denúncias de abuso sexual de crianças e adolescentes nas piscinas.

Pelo menos 46 técnicos norte-americanos já foram banidos do esporte. Segundo a agência de notícias Associated Press, a federação que rege a natação dos EUA tem uma segunda lista com nomes "marcados", suspeitos de mau comportamento.

A federação já anunciou que fará mudanças em seu Código de Conduta e votará no mês que vem novas regras para guiar a relação entre técnicos e atletas e para definir como tratar as denúncias.

A entidade é acusada por nadadores de fazer vistas grossas a suspeitas envolvendo seus treinadores. Pressionada, viu-se obrigada a tornar pública uma discussão que antes não saía das salas dos cartolas do esporte.

Deena Schmidt, por exemplo, afirmou ter contado aos dirigentes sobre o abuso. Segundo ela, seus apelos foram ignorados, e o treinador, mais tarde, foi para o Hall da Fama da natação dos EUA.

A instituição está sendo processada por pelo menos três nadadores por negligência em casos semelhantes.

Em resposta a denúncias como a de Deena e a processos judiciais que enfrenta por causa de supostos abusos cometidos por treinadores que integram seus quadros, a federação afirmou planejar tomar medidas drásticas.

Fonte: Folha de São Paulo

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

STAIRWAY TO HEAVEN


Stairway To Heaven
There's a lady who's sure all that glitters is gold
And she's buying a stairway to heaven
When she gets there she knows if the stores are all closed
With a word she can get what she came for

And she's buying a stairway to heaven

There's a sign on the wall, but she wants to be sure
'Cause you know sometimes words have two meanings
In a tree by the brook there's a songbird who sings
Sometimes all of our thoughts are misgiven

Oh, it makes me wonder
Oh, it makes me wonder

There's a feeling I get when I look to the west
And my spirit is crying for leaving
In my thoughts I have seen rings of smoke through the trees
And the voices of those who stand looking

Oh, it makes me wonder
Oh, really makes me wonder

And it's whispered that soon, if we all call the tune
Then the piper will lead us to reason
And a new day will dawn for those who stand long
And the forests will echo with laughter

If there's a bustle in your hedgerow, don't be alarmed now
It's just a spring clean for the may queen
Yes, there are two paths you can go by, but in the long run
There's still time to change the road you're on

And it makes me wonder

Your head is humming and it won't go
In case you don't know, the piper's calling you to join him
Dear lady, can you hear the wind blow
And did you know your stairway lies on the whispering wind

And as we wind on down the road
Our shadows taller than our soul, there walks a lady we all know
Who shines white light and wants to show
How everything still turns to gold and if you listen very hard

The tune will come to you at last
When all are one and one is all, yeah
To be a rock and not to roll
And she's buying a stairway to heaven

Pedro,
Cadê meu boné?...

Raio atinge avião e mata um na Colômbia; três brasileiros estavam à bordo


Um avião que foi atingido por um raio ao aterrissar na ilha de San Andrés, no norte da Colômbia, deixou no mínimo uma pessoa morta e 114 feridos, segundo fontes da Aeronáutica Civil colombiana consultadas pelo jornal "El Tiempo". O avião da companhia aérea Aires levava 131 pessoas a bordo e se partiu em três partes. A polícia informou, em comunicado, que viajavam a bordo três brasileiros e também um americano e um francês. Nenhum deles sofreu lesões de gravidade, mas permanecem sob observação médica.
Avião seguia de Bogotá a San Andrés

"A aeronave que cobria o trajeto Bogotá-San Andrés aterrissava em meio a uma intensa tempestade elétrica, quando um potente raio teria causado seu descontrole na extremidade da pista 06", informou à "Caracol Radio" o coronel Gustavo Barrero, comandante do Grupo Aéreo do Caribe da Força Aérea Colombiana.
Segundo o piloto, faltavam 80 metros para chegar à cabeceira da pista quando a aeronave foi atingida por um raio. O aeroporto foi fechado devido ao acidente.
Várias testemunhas afirmam que a ilha enfrentava tempestade de raios no momento em que o avião iria aterrissar.
O acidente deixou uma mulher morta e mais de 110 feridos, cinco deles em estado grave, incluindo duas crianças, disse Tascón. Segundo informações das autoridades médicas, a pessoa que morreu sofreu um infarto momentos depois do acidente.
O avião, um Boeing 737-700 de matrícula HK 4682, partiu de Bogotá à 0h07 no horário local (2h07 no horário de Brasília) e pousou em San Andrés duas horas depois, em condições "reduzidas de visibilidade", segundo os responsáveis pelo controle aéreo da ilha.
O aeroporto Gustavo Rojas Pinillas de San Andrés paralisou suas atividades. Por enquanto, estão suspensas todas as decolagens e chegadas no aeroporto de San Andrés, um dos pontos turísticos do Caribe colombiano.
* Com as agências internacionais e o jornal "El TIempo"

Jovem diz ter câncer e usa doações para viajar para Disney


A canadense Ashley Anne Kirilow, de 23 anos, foi presa na sexta-feira no Canadá depois que inventou que tinha câncer e usou o dinheiro arrecadado para ajudá-la no tratamento para viajar para a Disney, segundo reportagem do jornal “Toronto Star”.

De acordo com a polícia, a jovem fraudou grupos de caridade e centenas de pessoas que doaram dinheiro para ela realizar o tratamento contra a suposta doença. Ela chegou a raspar a cabeça e as sobrancelhas e parar de comer para parecer que estava fazendo quimioterapia.

A mulher criou a farsa em 2008, quando ela tratou um nódulo benigno em um dos seios. Após o caso, ela disse que foi diagnosticada com câncer de mama. Sensibilizados, amigos e outras pessoas doaram US$ 20 mil para seu tratamento.

Ashley fez ainda amizade com grupos de caridade e recrutou voluntários que ajudaram na organização de eventos beneficentes. Uma organização, a Skate4Cancer, levou a jovem para Disney, pois ela afirmou que queria realizar esse desejo antes de morrer.

Ela agora pode pegar até dois anos de prisão se for condenada por fraude.

Fonte: G1 de Noticias

Publicado por: Vanessa Teixeira

NOSSO BLOG OFERECE ESTE CANDIDATO PARA APRECIAÇÃO DOS VISITANTES


Resgatado recém-nascido raptado



Quase 22 horas depois de ser raptado, o recém-nascido levado da maternidade do Hospital da Providência, em Apucarana (Norte do estado), foi encontrado pela polícia na noite de ontem na cidade vizinha de Cambé. O bebê estava com a auxiliar de enfermagem Marlene Maria de Lima, 40 anos, que foi presa, e com a filha dela, de 16 anos, também detida. Elas estavam escondidas na casa de parentes. Marlene é moradora em Mauá da Serra (Região Central) e trabalha como enfermeira do Pronto Atendimento Municipal da cidade.

Segundo a Polícia Civil, ela teria planejado o roubo para dar o recém-nascido à filha. A adolescente pretendia manter um namoro, alegando estar grávida. O rapto, que gerou revolta e comoção em todo o Paraná, é semelhante ao enredo da novela Senhora do Destino, veiculada pela TV Globo entre 2004 e 2005.

Por volta das 20 horas de ontem, Nicolas, que nasceu com 3,8 kg e 50 cm, voltou aos braços da mãe Thais Braga da Silva Henriques e do pai Lincon Henriques. Foi um final feliz para um drama que começou no início da noite de quarta-feira.

O bebê foi levado da maternidade pouco mais de duas horas após o parto, perto das 21 horas. Se gundo a polícia, Marlene pegou o bebê dos braços da avó Tereza Braga dizendo que iria fazer a coleta de sangue para o teste do pezinho. Ela se identificou como enfermeira “Márcia”. Ao estranhar a demora, a avó se deu conta do sumiço e comunicou o hospital, que acionou a polícia.

Segundo outros enfermeiros, a falsa enfermeira havia tentado levar outros dois bebês, antes de conseguir pegar Nicolas. “Tiramos fotos do bebê no quarto e aí apareceu essa falsa enfermeira, que pediu para que saíssemos do quarto porque ela iria fazer o teste do pezinho. Tinha uma segunda enfermeira junto, que disse não ter visto nada. Quase que ela pega uma outra criança, mas isso não aconteceu porque uma tia do bebê impediu”, contou Lincon.

Thais entrou em desespero ao saber que o filho havia sido raptado e precisou ser sedada. Teste munhas relataram que a falsa enfermeira era baixa, morena, obesa, de cabelos negros compridos e trajava roupas brancas. Com base na descrição e no relato de testemunhas, a polícia rastreou o paradeiro do bebê. A delegada Ana Cláudia Machado, do Serviço de Investigação Crian ças Desaparecidas (Sicride), veio de Curitiba para auxiliar na in vestigação.

A direção do Hospital da Pro vi dência admitiu, em entrevista co letiva, a fragilidade da segurança e informou que irá contratar com urgência mais pessoas para trabalhar na recepção do estabelecimento e instalar câmeras de monitoramento em diversos setores do prédio.



Fonte: Gazeta do Povo/Fotos:André Veronez

sábado, 14 de agosto de 2010

The Unforgettable Fire



Ice, your only rivers run cold.
These city lights, they shine as silver and gold.
Dug from the night, your eyes as black as coal.
Walk on by, walk on through.
Walk till you run and don't look back
For here I am.
Carnival, the wheels fly and the colours spin through alcohol.
Red wine that punctures the skin.
Face to face in a dry and waterless place.
Walk on by, walk on through.
So sad to besiege your love… oh hang on.
Stay this time, stay tonight in a lie.
I'm only asking, but I, I think you know.
Come on take me away, come on take me away
Come on take me home, home again.
And if the mountains should crumble
Or disappear into the sea
Not a tear, no not I.
Stay this time, stay tonight in a lie.
Ever after is a long time.
And if you save your love, save it all, save it all
Don't push me too far, don't push me too far.
Tonight, tonight.
video

Quadrilha de roubo de cargas é presa na 25 de Março Divulgação



Divulgação - 17.8.2009
Treze pessoas foram presas pela polícia civil. Elas são acusadas de roubar cargas na região central de São Paulo. Vídeo mostra como o grupo agia


O Estado de SP

Nos braços da galera




Stage diving. Lady Gaga se joga de cima do palco, no meio da execução de uma música


Na tarde da sexta-feira, 6, durante o show da banda Semi Precious Weapon, no festival Lollapalooza, em Chicago, Lady Gaga fez de novo. A estrela pop (que um crítico do New York Times descreveu como "a artista que faz da própria persona sua grande obra") jogou-se com voracidade sobre a plateia, seminua, aparentemente sem garantias de retorno ou segurança, dando novos contornos a um velho recurso do rock"n"roll conhecido como crowd-surfing (surfe na galera) ou stage diving (mergulho no público).

Não é novidade, mas Gaga sempre faz parecer que é a primeira vez. "Não sei o que me deu, foi por impulso", afirmou. Isso parece ser seu talento. "Lady Gaga se tornou sucesso por aderir à crença de que não há verdade interior a ser propagada, e tudo que se pode fazer é inventar de novo", disse o jornalista Jon Caramanica.

Stage diving virou um tipo de "artesanato" - já ocupou até uma exposição em Londres, na National Gallery. "É um belo feeling, um lance social", diz a letra de Stage Diving Is an Art, do grupo Heideroosjes. Críticos e historiadores do pop e do rock, ouvidos pelo Estado, fazem uma revisão do stage diving à luz do mergulho de Gaga. Hedonismo de laboratório? Exibicionismo calculado? Simbiose entre artista e público?

O escritor norte-americano James Sullivan, autor de O Dia em Que James Brown Salvou a Pátria (Jorge Zahar Editor), considera que o mergulho de Lady Gaga, um pouco mais corajoso do que o stage diving controlado do star system atual, também teve certa dose de cálculo. "Ela não estava totalmente nua e, tenho certeza que você notou, tinha até um monte de roupa, algum tipo de reforço na calcinha e adesivos protegendo os seios. Ainda assim, foi arriscado", analisou Sullivan.

Para Sullivan, pesquisador rigoroso dos primórdios do soul e do funk americanos, a invenção do stage diving pode tranquilamente ser atribuída a Iggy Pop. "Ao menos, foi ele quem institucionalizou a prática. Tenho certeza que James Brown não faria isso: poderia bagunçar o cabelo dele", brincou. Segundo o historiador musical, stage diving pode ser, e geralmente é, mais do que exibicionismo. "Ele forja uma conexão genuína entre o artista e seu público. É também uma demonstração de confiança. Poucas coisas podem ser mais humilhantes que um stage diving no qual a audiência se mexe, deixando o mergulhador se espatifar no chão."

O apresentador e escritor Fabio Massari diz que "adoraria acreditar que foi Iggy Pop" a oficializar o stage diving. Massari, veterano da cobertura do show biz, conta que o mergulho mais assustador que já viu foi do vocalista Sebastian Bach, durante um show do Skid Row, no Ibirapuera. "Ele mergulhou na galera e desapareceu por alguns longos instantes - sob a turba pra lá de histérica de meninas mui agressivas!", recorda. "(Lembro) a cara de terror dos seguranças, literalmente dando porrada nas meninas pra tentar chegar nele... Os caras surtaram! E ele naquela de se divingrtir, mas já com cara de pavor . A essa altura ele já estava a uns 15 metros do palco. Subiu de volta só com parte da calça. Depois cruzei com ele no backstage, parecia que tinha se atracado com um cacto. Me lembro também de um cara que pulou do segundo andar do Olympia num show dos Ramones!"

Lúcio Ribeiro, colunista do Estado, deu o seguinte depoimento: "Essa arte de pular na galera vem do punk. Mas vi uma vez um documentário em que o Peter Gabriel, do Genesis, pula do palco e a galera abre para ele se esborrachar no chão", lembrou. "Recentemente, num show do Hole, a Courtney Love pulou do palco bem perto de onde eu estava. Minhas mãos ajudaram a "passar" a moça para trás. Foi no festival do Texas, o South by Southwest. Mas os mais impressionantes stage diving que eu vi, de artista, foram sempre do Kurt Cobain, em shows do Nirvana. Não tinha a noção do perigo."

Lúcio ressalta também a originalidade de Wayne Coyne, do Flaming Lips, que desliza por cima do público prudentemente preservado dentro de uma bolha de plástico. E lembra outros casos. "Uma vez, em Chicago, durante show do brasileiro Bonde do Rolê em que eu estava presente, a vocalista Marina Ribatski pulou no público, surfou pra lá e para cá na mão da galera e foi "entregue" de volta ao palco. Só que, na aterrissagem, foi jogada de volta ao palco, bateu o braço numa quina e teve fratura, acabando primeiro com o show e depois no hospital."

Bernardo Araújo, crítico e editor-assistente do Segundo Caderno de O Globo, lembra o seguinte acerca dos primórdios do comportamento no Rio: "O crowd-surfing, ou stage diving, ou ainda mosh, como era chamado, pelo menos no Rio, por volta dos anos 1980 e 90, era um ritual de meninos basicamente atrás de divingrsão e glória: o roqueiro em questão precisava, no mínimo, atravessar a segurança - muitas vezes um amigo subia em um lado do palco para atrair o pobre homem da lei enquanto um espertinho aproveitava a brecha e ia sacudir a cabeça ao lado dos músicos, até pular, glorioso, sobre os amigos, previamente avisados."

Iggy Pop, o veterano cantor dos Stooges, de 62 anos, a quem é creditada a invenção do stage diving, revelou ao Estado, no ano passado, que parou com o recurso porque os fãs tinham pegado a manha de quando ele iria se jogar e estavam abrindo clareiras. Logo ele, o pai da matéria? É que Iggy quebrou uma costela assim. Caetano Veloso e Dinho Ouro Preto, que não têm nada a ver com tudo isso, caíram do palco recentemente e descobriram de forma muito dolorida que stage diving é para os doidos e os pássaros. Ou para Lady Gaga.

O Estadão

Máfia da merenda atinge 20 cidades

Pen drives apreendidos pelo Ministério Público Estadual (MPE) na casa do diretor de uma empresa acusada de fazer parte da máfia da merenda revelaram documentos e planilhas de supostos pagamentos de propinas para prefeituras de 20 cidades de três Estados - São Paulo, Espírito Santo e Rio de Janeiro. A chamada máfia da merenda é acusada de fraudar licitações, fornecer alimentos estragados e pagar propina a políticos.

Um dos documentos arquivados no pen drive é uma planilha na qual são listados 18 dos 20 municípios. A tabela mostra valores de contratos e a porcentagem da suposta propina paga pela empresa Verdurama. Além do valor de luvas no fechamento do contrato, que iam de 2% a 13% do total, alguns municípios receberiam um fixo mensal.

O quadro mostraria a disposição da empresa de obter uma abatimento da propina, renegociando os valores com os corruptos, fazendo uma economia de R$ 1,3 milhão por ano. Sete dos municípios que aparecem na planilha já haviam sido citados em grampos telefônicos feitos em 2008 pela Polícia Civil durante uma investigação de sequestro. Na época, conversas no telefone de um contador da Verdurama foram interceptadas mostrando supostos pagamentos de propinas.

Entre essas cidades estão Barueri e Caraguatatuba - suas atuais administrações negam relação com a Verdurama, cujos representantes também sempre negaram os subornos. Os documentos que citam as supostas planilhas da Verdurama foram achados em um pen drive apreendido na casa de Silvio Marques, sócio e diretor da Gourmaitre.

Os promotores que investigam o caso acusam a Verdurama e a Gourmaitre de serem empresas coligadas à SP Alimentação, a maior fornecedora de merenda do País. Um outra planilha que estava em um pen drive mostraria pagamentos específicos para o município de Jandira, na Grande São Paulo. Os promotores encontraram valores pagos quinzenalmente para a Secretaria de Educação de Jandira que variavam de R$ 25,7 mil a R$ 56,6 mil.

Em Santana do Parnaíba, a Prefeitura decidiu romper o contrato com a Verdurama em 2008, acusando a empresa de irregularidades. Além de denunciar o caso à promotoria, ela decidiu pedir R$ 2 milhões de indenização.

Semab. Há ainda documentos com o suposto pagamento de 10% de comissão para contratos em Diadema e 16% de propina para Cotia - ambos na Grande São Paulo. E inscrições no mesmo quadro sobre pagamentos mensais para Semab. Os promotores desconfiam que a sigla esconda a Secretaria de Abastecimento do Município de São Paulo, que cuidou da merenda da cidade durante parte da gestão Marta Suplicy (2001-2004).

Uma testemunha ouvida pelos promotores - cujo nome é mantido em sigilo - confirmou que as anotações no documento se referem ao pagamento de propinas. A testemunha revelou códigos usados na planilha que vão de S1 a S40. No caso da Semab, que a testemunha diz ser a secretaria de São Paulo, o código S2B indiciaria pagamento de propina de R$ 10,8 mil para um funcionário todo dia 20. Já o código S1 seria o valor de 5% de propina, pago sobre o total do contrato com a cidade de São Paulo.

Em um dos documentos há a inscrição Semab acompanhada do valor R$ 50 mil. A data é de 2007. O memorando está assinado em papel timbrado da SP Alimentação - os promotores querem saber se esse documento também se refere à capital. Em outro papel da empresa, há menção a dois valores de R$ 100 mil ao lado das datas 7 e 14 de março.

"Retorno". Em outro memorando da SP Alimentação existe uma anotação à mão com pedido de R$ 40 mil para "retorno para Itaqua". Outro documento, assinado pelo diretor de uma das empresas, mostra três pagamento para Doutor Cortez, de Limeira. Cada um deles de R$ 50 mil, ocorrido em 2007 e em 2008.

Irã decide hoje sentença de mulher acusada de adultério

AFP e THE GUARDIAN - O Estado de S.Paulo
A Justiça iraniana deve decidir hoje a pena da iraniana Sakineh Mohammadi Ashtiani, condenada à morte por apedrejamento. Ontem, o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, afirmou que o Brasil oficializou a oferta de asilo para receber Sakineh. Ele ressaltou que a proposta para evitar a execução não é uma negociação, mas um "apelo" ao governo iraniano.

O chanceler brasileiro comparou o caso de Sakineh com a prisão da francesa Clotilde Reiss, libertada por Teerã após mediação que incluiu o presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante visita ao país, em maio.

"Clotilde era uma cidadã estrangeira, o que nos dava uma margem de negociação maior", afirmou. Como Sakineh é iraniana, Teerã teria autonomia para decidir sua condenação.

Amorim rechaçou a afirmação do embaixador iraniano em Brasília, Mohsen Shaterzadeh, de que o Irã não teria recebido nenhuma oferta oficial de asilo. "Quando um embaixador brasileiro em Teerã comunica algo que o presidente Lula disse, o faz de forma oficial. Isso, para nós, é uma formalização da proposta de asilo, mesmo que não seja por escrito", disse o chanceler.

De acordo com Amorim, o presidente Lula fez um pedido claro com base em razões humanitárias, segundo a sensibilidade brasileira. "Isto foi transmitido às autoridades iranianas. Vamos ver o que acontece."

Sakineh foi condenada em 2006 por "relações ilícitas" após a morte do marido e recebeu pena de 99 chibatadas. Seu processo foi reaberto e ela foi condenada por adultério à morte por apedrejamento. Há duas semanas, o Irã sustentou que ela tinha também ajudado a matar seu marido. Seu advogado, Mohammed Mostafaei, fugiu do Irã e pediu asilo à Noruega. Segundo o jornal britânico The Guardian, Teerã revisa secretamente as condenações por apedrejamento, substituindo-as por enforcamento, para evitar críticas internacionais.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

"Where the streets have no name...U2"


I wanna run, I want to hide
I wanna tear down the walls
That hold me inside.
I wanna reach out
And touch the flame
Where the streets have no name.
I wanna feel sunlight on my face.
I see the dust-cloud
Disappear without a trace.
I wanna take shelter
From the poison rain
Where the streets have no name
Where the streets have no name
Where the streets have no name.
We're still building and burning down love
Burning down love.
And when I go there
I go there with you
(It's all I can do).
The city's a flood, and our love turns to rust.
We're beaten and blown by the wind
Trampled in dust.
I'll show you a place
High on a desert plain
Where the streets have no name
Where the streets have no name
Where the streets have no name.
We're still building and burning down love
Burning down love.
And when I go there
I go there with you
(It's all I can do).

A UM AUSENTE

Tenho razão de sentir saudade,
tenho razão de te acusar.
Houve um pacto implícito que rompeste
e sem te despedires foste embora.
Detonaste o pacto.
Detonaste a vida geral, a comum aquiescência
de viver e explorar os rumos de obscuridade
sem prazo sem consulta sem provocação
até o limite das folhas caídas na hora de cair.

Antecipaste a hora.
Teu ponteiro enlouqueceu, enlouquecendo nossas horas.
Que poderias ter feito de mais grave
do que o ato sem continuação, o ato em si,
o ato que não ousamos nem sabemos ousar
porque depois dele não há nada?

Tenho razão para sentir saudade de ti,
de nossa convivência em falas camaradas,
simples apertar de mãos, nem isso, voz
modulando sílabas conhecidas e banais
que eram sempre certeza e segurança.

Sim, tenho saudades.
Sim, acuso-te porque fizeste
o não previsto nas leis da amizade e da natureza
nem nos deixaste sequer o direito de indagar
porque o fizeste, porque te foste
Carlos Drummond de Andrade

Secretário de Segurança considera "ridículo" policial civil andar armado

Por: Donizete Arruda

Atualizado: 13/08/2010 - 06:28
Na secretaria de Segurança Pública a contagem regressiva já começou para o fim da era Roberto Monteiro. Independente de quem seja o futuro governador do Ceará, o atual secretário não continuará à frente da pasta. O próprio Roberto Monteiro teve sensibilidade para perceber seu desgaste e anunciou que só permanece no cargo até o dia 31 de dezembro.

Ciente de que perdeu prestígio dentro da Polícia Civil e não goza do respeito da Polícia Militar, o secretário Roberto Monteiro aproveitou a solenidade de posse dos novos delegados para exibir suas idéias sobre o que acredita ser a Polícia ideal para a sociedade cearense, quiça brasileira.

Ao discursar diante dos novos delegados da Polícia Civil, o secretário Roberto Monteiro declarou que acha "ridículo" o fato dos policiais civis andarem armados. A sua frase gerou comentários entre os presentes a solenidade, mas nenhum delegado se contrapôs discordando do modelo defendido por Roberto Monteiro.

Passados vários dias desse evento, o tema que mais mexe hoje com a Polícia Civil continua sendo as declarações polêmicas do secretário Roberto Monteiro. A grande dúvida que move as discussões é saber se prevalecesse apenas a vontade do secretário de Segurança ele iria promover o desarmamento da Polícia Civil do Ceará.

Como esse assunto está causando um grande debate entre os membros da Polícia Civil cearense, o secretário Roberto Monteiro tem o espaço aberto para esclarecer a frase de que acha "ridículo" a Polícia Civil andar armada.

Nota do blog: gostaríamos muito de ouvir opiniões dos colegas Cearenses a respeito deste pronunciamento!

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Falta de delegados sobrecarrega chefe da 5ª SDP de Pato Branco

Das 15 delegacias subordinadas a 5ª SDP de Pato Branco, 11 estão sob total responsabilidade do delegado chefe da unidade, Ivonei Oscar da Silva. Dessas, 04 estão localizadas em municípios sedes de Comarca, o que aumenta mais a carga de serviço. Conforme Ivonei, em todas o volume de trabalho é grande em virtude do número de ocorrências registradas diariamente. O maior problema, além da ausência de um delegado responsável, é a falta de efetivo policial como investigadores e escrivães, como o constatado na 11ª Delegacia Regional de Chopinzinho, onde apenas um escrivão está atuando, sendo auxiliado apenas por duas agentes administrativas cedidas pela prefeitura. O delegado que respondia pela unidade foi transferido para Palmital e o investigador afastado de suas funções. Ivone disse que, embora difícil, está procurando manter o ritmo de trabalho normal dando prioridade a solução de alguns crimes registrados na região.

http://www.noticiaspoliciais.com.br/?p=33962

Nota do blog: Num gráfico podemos observar o crescente aumento da criminalidade em função da decrescente contratação de efetivo policial. Vergonhoso é saber que por dia o crime organizado contrata crianças e que nossas polícias estão ganhando mal, sem aparato, sem contingente para combater isso. Até quando irão procrastinar as melhorias para segurança pública? Até ataques em batalhões da PM e Bombeiros estão se tornando cada dia mais comuns...

Prisão de adolescente brasileira condenada por sexo em Abu Dhabi seria iminente

BBC

Um porta-voz da Embaixada do Brasil em Abu Dhabi afirmou nesta quinta-feira à BBC Brasil que a adolescente brasileira de 14 anos que foi condenada à prisão por ter feito "sexo consensual" com um paquistanês pode ser presa a qualquer momento.

O ministro-conselheiro da embaixada brasileira, Arthur Nogueira, disse que a mãe da menina, uma brasileira, e seu padrasto, um alemão, estão muito tensos com a situação.

Segundo ele, a família mora há cerca de um ano em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, onde o padrasto da adolescente trabalha para uma empresa estrangeira.

"Tanto a mãe quanto o padrasto estão extremamente nervosos com a situação da filha, pois eles têm conhecimento das severas leis do país árabe", revelou Nogueira.

Ele explicou que a adolescente está em casa na companhia da família e aguarda o processo em liberdade, mas que a situação pode mudar a qualquer momento. Isso porque o juiz que cuida do caso, Saeed Abdul Bashir, pode decretar a prisão da menor a qualquer instante.

"Ela foi condenada, em primeira instância, a seis meses de prisão seguido de deportação. Ela não foi presa ainda porque a sentença lida pelo juiz da sharia (lei islâmica, vigente no país) ainda não foi publicada", explicou.

"O advogado entrou com um pedido de suspensão da aplicação da sentença até o desfecho do caso".

Segundo Nogueira, a embaixada não pode revelar a identidade da menina nem dar maiores detalhes para não prejudicar os trâmites legais do caso. Ele informou que a família entrará com um recurso em segunda instância.

"O próximo passo será recorrer da sentença de primeira instância e, simultaneamente, obter decisão judicial no sentido de permitir que a menor brasileira aguarde em liberdade a etapa seguinte do processo", completou ele.

O Itamaraty já havia confirmado nesta quarta-feira do caso da menina.

Estupro
De acordo com informações da imprensa local, a brasileira afirmou inicialmente que fora estuprada por um motorista escolar paquistanês. O homem, entretanto, disse que ela o convidou a entrar na casa e o seduziu. Após ser pressionada, a adolescente terminou revelando que tinha mantido sexo consensual com ele.

Segundo o jornal Gulf News, a história veio à tona depois que familiares da empregada que trabalhava na casa da jovem souberam do incidente e informaram os pais da garota.

O padrasto dela teria ido à polícia denunciar o motorista, de 25 anos, acusando- a de estuprar a adolescente. O encontro teria ocorrido no dia 3 de abril, quando os seus pais estavam em Dubai.

O juiz que cuida do caso, entretanto, disse que investigações revelaram que a jovem já mantinha contato com o homem antes do incidente, e que seria difícil para o motorista entrar na casa sem seu consentimento.

"Ela vinha enviando fotos dela muito íntimas ao acusado, algumas incluíam fotos de nudez... e também costumava enviar mensagens de texto", disse à imprensa local o juiz Saeed Abdul Bashir, do Departamento Judicial de Abu Dhabi.

A promotoria, explicou o Gulf News, a acusou de ter mantido relações sexuais consensuais fora do casamento, ato considerado ilegal nos Emirados Árabes Unidos.

Nogueira explicou que a embaixada e o governo brasileiros estavam a par do caso há algumas semanas, quando foram informados pela família da menor sobre a situação.

"Desde então, temos acompanhado o desenrolar dos fatos com a máxima atenção".

De acordo com ele, a embaixada já se reuniu com os pais e a menor e com seu advogado em mais de uma ocasião.

"Atualmente nosso contato com a família e com o advogado é diário - na verdade mais de uma vez por dia, todos os dias".

PECs 300 e 308 poderão entrar na pauta de votações da próxima semana

As PECs 300, que trata do piso nacional dos salários dos Polícias Civis, Militares e Bombeiros e 308, que transforma os agentes penitenciários em Polícia Penal, poderão entrar na pauta de votações das sessões extraordinárias da próxima semana, nos dias 17 e 18 de agosto.
O deputado Lincoln Portela destacou durante seus discursos nas últimas semanas, que considera um absurdo tanta lentidão para votar PECs tão importantes para o Brasil e ainda defendeu a votação das PECs 549/06, que equipara o salário dos delegados ao dos integrantes do Ministério Público e a 544/02, que cria novos Tribunais Regionais Federais.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010



The sweet smell of a great sorrow lies over the land.
Plumes of smoke rise and merge into the leaden sky
A man lies and dreams of green fields and rivers,
But awakes to a morning with no reason for waking
He's haunted by the memory of a lost paradise
In his youth or a dream, he can't be precise
He's chained forever to a world that's departed
It's not enough, it's not enough
His blood has frozen and curdled with fright
His knees have trembled and given way in the night
His hand has weakened at the moment of truth
His step has faltered
One world, one soul
Time pass, the river rolls
He talks to the river of lost love and dedication
Silently replies that swirl invitation
Flow dark and troubled to an oily sea
A grim intimation of what is to be
There's an unceasing wind that blows through this night
And there's dust in my eyes, that blinds my sight
And the silence speaks so much louder that words,
Of promises broken...
Pink Floyd

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Comfortably Numb


Hello,
Is there anybody in there?
Just nod if you can hear me
Is there anyone at home?
Come on now
I hear you're feeling down
Well, I can ease your pain
And get you on your feet again
Relax
I'll need some information first
Just the basic facts
Can you show me where it hurts
There is no pain, you are receding
A distant ship's smoke on the horizon
You are only coming through in waves
Your lips move but I can't hear what you're saying
When I was a child I had a fever
My hands felt just like two balloons
Now I've got that feeling once again
I can't explain, you would not understand
This is not how I am
I have become comfortably numb
I have become comfortably numb
O.K.
Just a little pin prick
There'll be no more...aaaaaaaah!
But you might feel a little sick
Can you stand up?
I do belive it's working, good
That'll keep you going, through the show
Come on it's time to go.
There is no pain you are receding
A distant ship's smoke on the horizon
You are only coming through in waves
Your lips move, but I can't hear what you're saying
When I was a child
I caught a fleeting glimpse
Out of the corner of my eye
I turned to look but it was gone
I cannot put my finger on it now
The child is grown
The dream is gone
And I have become
Comfortably numb.

"Yes, I can hear you!"

Pink Floyd

Me lembra muito meu Pedro...

Claro que ele não tocava assim, mas a alegria contagiante era a mesma!

video

Sustentabilidade é desenvolver negócios de forma harmônica...


"Sustentabilidade é desenvolver negócios de forma harmônica com as comunidades, empregados, meio-ambiente, fornecedores e clientes."
Foi com este pensamento que Lafayette Caporali, metalurgista, ganhou o 12º Prêmio de Excelência em Mineração.
Lafayette tem formação na UFMG, mestrado na School of Mines no estado do Colorado (USA), 3 MBA´s. Ele já havia ganhado o prêmio Excelência da Vale e outro quando ainda era estudante de mestrado. Lafayette é reconhecido como profissional de otimização de projetos de minas e extrações minerais.
Ao profissional, parabéns pelo prêmio e reconhecimento de repercussão internacional.

Por trás de um grande homem, não tem ninguém a não ser seu próprio rastro. A grande mulher caminha é ao lado dele!

Vai ter sorte assim...!

video

Vítimas de Madoff mineiro podem perder 75% do dinheiro aplicado


Polícia suspeita que aplicadores da Firv tenham cometido sonegação fiscal. Nesse caso, eles terâo que pagar multa à Receita...
A Polícia Federal vai investigar crime contra o sistema financeiro por parte de Thales Maioline, o dono da Firv Investimentos que desapareceu com R$ 50 milhões de 2 mil aplicadores, de seus sócios – e também de investidores. Eles podem ser acusados de crime de sonegação fiscal, por terem omitido total ou parcialmente rendimentos ou operações financeiras na declaração do Imposto de Renda. Neste caso, podem ser obrigadas também a pagar multa de 75% sobre o valor sonegado.

“O valor mais alto já reclamado foi o de um investidor com saldo de R$ 2 milhões na Firv, mas que tinha investido efetivamente R$ 650 mil. O restante era só papel, não havia dinheiro em espécie”, revelou nessa segunda-feira o delegado Island Batista, chefe da Delegacia de Combate às Falsificações e Defraudações de Belo Horizonte, da Polícia Civil. Ele alerta ser necessário fazer um trabalho social de alertar investidores interessados no disparate de obter lucro de 5% ao mês, enquanto a caderneta de poupança rende apenas 0,5% no mesmo período. “Ou são pessoas que acreditam em Papai Noel ou que imaginavam que futuramente poderiam ter resultado negativo”, completa.
FONTE: Sandra Kiefer - Estado de Minas
Publicação: 10/08/2010 07:43 Atualização: 10/08/2010 08:00

NOTA DO BLOG: Em todos os seus serviços, Island Batista se mostrou apto a ser um bom CHEFE DE POLÍCIA. Fica a dica.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

OBRIGADA!

Gostaria de agradecer de todo coração as pessoas que fizeram orações, aos visitantes no hospital (abração espercial ao Dr. Lincoln Portela e ao Daniel), aos NOVENTA E OITO doadores de sangue, a Juliana que se deslocou de Timóteo...

Minha filha passa bem e a cirurgia foi um sucesso!

Obrigada pelos visitantes e desculpem a falta de postagens, eu fiquei sem internet lá.

MAS AMANHÃ TEREMOS NOVAS POSTAGENS DIÁRIAS!

BJIM

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

SOS Excedentes: descaso da PM em relação aos concursandos da 4ª fase!


Apesar de todos os esforços, da busca incessante por divulgação na mídia, da procura por representantes do povo na Câmara, ALMG, os EXCEDENTES DA 4ª FASE DO INTERIOR E CAPITAL AINDA ESTÃO SOFRENDO PELO TOTAL DESCASO DAS AUTORIDADES DA POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS.
A maioria já perdeu empregos, já investiu cerca de R$1200,00 só neste concurso e a PM não os chama para a última fase (que é paga pelo candidato) que é o Psicotécnico.
Absurdo foi lançar uma retificação mais de um ano depois de aberto o concurso sem dar nenhuma justificativa ou sequer garantir que os mesmos sejam chamados em concurso posterior. O CONSTRANGIMENTO E A ANGÚSTIA DESSAS PESSOAS ULTRAPASSAM O LIMITE DO BOM SENSO COM O CIDADÃO DE BEM, QUE PROCURA EMPREGO AO INVÉS DE VIDA FÁCIL.

Nesta semana, três representantes do grupo de excedentes do Concurso CTSP – 2010 interior, promovido pela Polícia Militar de Minas Gerais procuraram auxilio ao deputado federal Lincoln Portela (o único a abrir a porta para ouví-los), a fim de que suas solicitações cheguem ao governador Antonio Anastasia, MAIS UMA VEZ.

Segundo os jovens Ronilson Coura Barbosa, Celso Garcia Barbosa Junior e Albert Felipe Oliveira Queiroz, que estiveram presentes no escritório, “um grande grupo de excedentes chegou a 4ª fase do concurso 2010 e pode ser aproveitado para o preenchimento de vagas” que, segundo eles, “serão abertas em um novo concurso”.

Ainda segundo os excedentes, “a informação de abertura de um novo concurso foi publicada em um jornal de grande circulação no Estado”.

Lincoln Portela solicitou uma carta, para que a mesma seja encaminhada ao governador Anastasia. O documento, formulado com auxilio dos excedentes, enfatiza a importância da convocação e oportunidade de economia (POR QUE GASTAR O DINHEIRO DO ESTADO EM NOVO CONCURSO SE JÁ EXISTE UM EM ANDAMENTO?), tempo, logística e melhoria na segurança pública do Estado, já que os excedentes do Concurso CTSP – 2010 Interior foram aptos em todas outras etapas do processo, não sendo chamados para a última fase antes do curso preparatório. Segundo edital ainda há dois meses de prazo para ingressarem nos cursos.

TEIMOSIA POLÍTICA INTERFERE EM MAIS DE UM MILHÃO DE TRABALHADORES DA SEGURANÇA PÚBLICA


O Governo está "brincando" com os policiais brasileiros. "Trancaram" novamente a votação da PEC300/446.
O deputado mineiro responsável pela Segurança Pública, Lincoln Portela protestou em plenário contra a arbitrariedade governamental:

"O SR. LINCOLN PORTELA (PR-MG) Sr. Presidente, Deputado Manato, lamento profundamente a não votação, em segundo turno, ontem, da PEC 300. Não me interessa o motivo que a Oposição tem para obstruir. É um absurdo continuar fazendo isso com os policiais civis, militares e bombeiros do Brasil, por causa de uma teimosia política.

É um absurdo também deixar de votar a PEC 308, que está pronta para ser votada e que trata da questão da Polícia Penal para o Brasil. Os agentes penais não aguentam mais viver da forma que vivem. Lamento profundamente também essa procrastinação. Não adianta culpar as pessoas que estavam nas galerias querendo a votação da Emenda nº 29.

V.Exa. que é médico sabe que, a cada ano que passa, perdemos 25 bilhões para a saúde. São pessoas morrendo nas portas dos hospitais por negligência do nosso Governo.

Muito obrigado, Sr. Presidente."

Carceragem da Polinter em Queimados era controlada por presos, constata MP


O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro descobriu hoje (4) que a carceragem da Polinter em Queimados, na Baixada Fluminense, era administrada pelos próprios presos. Os promotores foram ao local com agentes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Corregedoria Interna da Polícia Civil (Coinpol) verificar denúncias de que os policiais civis responsáveis pela Polinter em Queimados estariam recebendo dinheiro dos presos.
Na carceragem, há cerca de 150 homens presos que aguardam julgamento.
Na visita, os promotores e os agentes constataram que os detentos tinham as chaves da carceragem, faziam revista nos visitantes e tomavam conta da portaria organizando a entrada e saída de pessoas no local.
O secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, afirmou que a corregedoria combate essas ações. Segundo ele, é preciso fazer um trabalho preventivo para que não ocorra esse tipo de situação. “O combate a essas situações é eficiente, mas temos que ser proativos. Devemos prevenir e não combater só depois que acontece, mostrando para a sociedade não a capacidade de reagir, mas de antecipar.
Segundo o promotor Jorge Magno, que participou da operação, os presos é que faziam a administração da carceragem. “Havia os prisioneiros que estavam na cela e os que ficavam circulando, os chamados presos de confiança. Eles que faziam os contatos com os outros presos e também realizavam a entrega de comida e roupas, transmitiram recados e controlavam as visitas. Resumindo, a administração da carceragem era feita pelos presos”, afirmou.
De acordo com Magno, um inquérito policial deverá ser instalado na Polinter para averiguar a situação. Os policiais que estavam de plantão foram encaminhados para a corregedoria para um delegado tomar as medidas cabíveis. “No mínimo, um inquérito policial deverá ser instaurado”, disse o promotor.
Durante a operação, foram apreendidos um revólver calibre 38 com a numeração raspada, um caderno de contabilidade, R$ 200 em dinheiro, 16 celulares, dez carregadores e uma máquina fotográfica.
A operação foi realizada para cumprir mandados de busca e apreensão e verificar uma denúncia da promotoria de Paracambi, na Baixada Fluminense, que informou que na Polinter havia diversas irregularidades.

Polícia Civil e Federal: Atividade Técnica e Jurídica



Uma dúvida que todos os policiais que estão estudando para sair da Polícia têm é quanto à exigência de comprovação de 3 anos de prática jurídica para ingresso em determinadas carreiras, como Juiz de Direito ou Promotor de Justiça.

Afinal, se, enquanto policiais, somos incompatíveis com o exercício da advocacia, como poderíamos depois de formados, amealhar a prática jurídica sem pedir demissão? Restava-nos concluir 3 pós-graduações, ou fazer cursos como o da Escola da Magistratura (EMERJ no Rio).

Mas o Sindicato dos Policiais Federais, que, ao contrário do nossos sindicato no Rio, é muito operante, já adiantou o lado dos policiais estaduais, de tabela. Eles fizeram uma consulta ao Conselho Nacional de Justiça, questionando se as funções exercidas pelos agentes de polícia judiciária eram ou não consideradas atividades de cunho jurídico. Obtiveram resposta favorável não só para os agentes e escrivães da PF, mas também para os das polícias civis.


Segundo o CNJ, não há dúvidas que nossa função exige conhecimento técnico jurídico. A única exigência porém é que o policial interessado de fato realize o trabalho de polícia judiciária, atue em inquéritos policiais e investigações. Assim, ficar pra cima e pra baixo na viatura com o fuzil na janela não só nada adianta para a segurança pública, como também em nada ajuda o policial em futuros concursos

Transcrevo o Relatório que foi aprovado pelo CNJ:

“CERTIDÃO DE JULGAMENTO

8ª SESSÃO EXTRAORDINÁRIA

PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS Nº 1238

RELATOR: CONSELHEIRO CLÁUDIO GODOY
REQUERENTE: SINDICATO DOS POLICIAIS FEDERAIS NO DISTRITO FEDERAL – SINDIPOL/DF
REQUERIDO: CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA

CERTIFICO que o PLENÁRIO, ao apreciar o processo em epígrafe, em sessão realizada nesta data, proferiu a seguinte decisão:

‘O Conselho, por unanimidade, em obediência à decisão plenária tomada no julgamento do Pedido de Providências n. 1079 (relator Conselheiro Eduardo Lorenzoni), respondeu afirmativamente à consulta formulada, com as ressalvas indicadas no voto do relator. Ausentes, justificadamente os Conselheiros Ellen Gracie (Presidente), Marcus Faver, Jirair Aram Meguerian e Eduardo Lorenzoni. Presidiu o julgamento o Excelentíssimo Senhor Ministro Gilmar Mendes. Plenário, 20 de março de 2007’.

Presentes à sessão os Excelentíssimos Senhores Conselheiros Antônio de Pádua Ribeiro (Corregedor Nacional de Justiça), Vantuil Abdala, Douglas Rodrigues, Cláudio Godoy, Germana Moraes, Paulo Schimidt, Ruth Carvalho, Oscar Argollo, Paulo Lobo, Alexandre de Moraes e Joaquim Falcão.

Ausentes, justificadamente, o Procurador-Geral da República e o Presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil.

Brasília-DF, 20 de março de 2007.

Marco A. M. de Matos

Diretor de Secretaria

PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS Nº 1238

REQUERENTE: SINDICATO DOS POLICIAIS FEDERAIS NO DISTRITO FEDERAL – SINDIPOL/DF

Pedido de Providências. Extensão do conceito de atividade jurídica. Resolução CNJ n. 11. Função dos escrivães de polícia e agentes da Polícia Federal. Utilização preponderante de conhecimentos jurídicos. Submissão a previsão do art. 2º Consulta respondida.

O Sindicato dos Policiais Federais no Distrito Federal consulta sobre se as funções desempenhadas pelos escrivães de polícia e agentes federais podem ser consideradas atividade jurídica para os fins e nos termos da Resolução CNJ n.11. Aduzem, para tanto, que, em sua atuação, inclusive conforme normatização própria, os servidores referidos se valem, de maneira preponderante, de conhecimentos técnicos jurídicos.

É o relatório.

Pela sua repercussão e dada a particularidade em especial da atuação dos agentes, como, na polícia civil, da atuação dos investigadores, entende-se de conhecer da consulta e submetê-la ao Plenário, até para se evitar, uma vez proferida decisão monocrática, a superveniência de eventual conflito interpretativo.

Não parece haver dúvida, pelo que se considera, de que a atuação do escrivão da polícia, quer federal, quer mesmo estadual, esteja a pressupor preparo jurídico, esteja a exigir, marcadamente, a utilização desses conhecimentos técnicos. E isto mesmo que, como no caso, para o respectivo concurso não se reclame, propriamente, curso de direito completo, mas sim qualquer curso superior.

Lembre-se, a propósito, que a Resolução n. 11, em seu artigo 2º, mencionou não só o bacharelato em direito, como, também, o exercício de cargo, emprego ou função que exija a utilização preponderante de conhecimento jurídico.

E, nesse sentido, ao escrivão incumbe, basicamente, a prática de atos atinentes ao desenvolvimento de inquérito policial, peça investigativa do cometimento de delitos, típicos porque previstos em lei, assim cujo conhecimento não pode ser estranho ao funcionário. Mais, trata-se de procedimento administrativo também disciplinado por normas técnicas e jurídicas de manejo constante.

Na espécie isto se confirma pelo teor da Portaria 523/89 do Ministério do Planejamento, que estabelece as funções do escrivão, dentre tantas a de dar cumprimento a formalidades processuais, lavratura de termos, autos e mandados, além da escrituração dos livros cartorários. Repita-se, atividade técnico-jurídica.

Situação talvez menos clara seja a do agente, tal como o é, no âmbito das polícias civis estaduais, a do investigador. Veja-se que, como está na mesma portaria citada, a função essencial do agente é de investigação e de realização, nessa senda, de operações e coleta de informações. Tudo isso, porém, voltado a um fim, que é o de esclarecimento de delitos.

Ora, se assim é, igualmente se reputa haja preponderante uso de conhecimentos técnicos. Por um lado, investigativa está a pressupor conhecimento das normas próprias que regem a coleta de provas ou a efetivação de diligências como de prisão, apreensão, e outras do gênero. De outra parte, se toda a gama dessas atividades se destina a apurar a prática de um delito e sua autoria, decerto que ainda aqui a utilização de conhecimentos técnicos, legais, jurídicos, é uma constante.

Nem se olvide, por fim, que o sentido da norma em exame foi o de alcançar toda e qualquer atividade que servisse a demonstrar a vivência do candidato ao concurso da magistratura no mundo jurídico, em sua acepção mais ampla, como agente atuante, o que, na hipótese vertente, se considera que, evidentemente, ocorra.

Por isso é que se responde afirmativamente a consulta formulada, mas, em obediência a decisão plenária tomada no julgamento do PP 1079, relator o Cons. Eduardo Lorenzzoni, ressalvando-se que sempre facultada a exigência de que, a despeito do cargo ocupado, seja comprovado o efetivo desempenho de funções a que pressuposto conhecimento técnico jurídico, no caso de escrivania e de investigação.

Este o voto.

CLAUDIO GODOY

Relator

VEJA MAIS NO LINK:http://www.casodepolicia.com/2007/11/15/policia-civil-e-federal-atividade-tecnica-e-juridica/ , E TAMBÉM http://www.sindipoldf.org.br/.
Nota do Blog:
A data desta notícia é de 15/11/2007, apesar de ter 3 anos tanto a Lei quanto a jurisprudência são claras sobre as funções técnico jurídicas das polícias e afinindades em relação a Constituição Federal. Não há como ir contra a Constituição.